Headhunter D.C.: mantendo vivo o culto ao Metal da morte

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Maicon Leite, Fonte: Wargods Press, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/12/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


555 acessosHeadhunter D.C.: comunicado da banda sobre saída de membro fundador5000 acessosAlice in Chains: mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"

A revista virtual HELL DIVINE (que é totalmente gratuita e pode ser lida aqui: http://bit.ly/11jhd7c) está lançando sua 12ª edição, completando dois anos de atividades ininterruptas em prol do Heavy Metal mundial. Porém, desta vez a revista é inteiramente dedicada ao Metal nacional, tendo em sua capa um dos seus maiores representantes: HEADHUNTER D.C. Na batalha a ¼ de século, os baianos acabam de lançar um dos melhores álbuns de 2012, chamado “... In Unholy Mourning...”, mantendo viva a paixão pelo Death Metal e criando novos clássicos, como “Hail the Metal of Death!”, grande destaque do disco. Conversamos com o vocalista Sérgio “Baloff” Borges, abordando toda a história do grupo e a fase atual, bem como sua opinião sobre a cena brasileira. Leia um trecho do excelente bate papo:

Hell Divine – “... In Unholy Mourning...” tem se destacado positivamente entre público e critica especializada, superando seu antecessor, “God's Spreading Cancer...”, de 2007. Ainda que mantendo a mesma sonoridade que consagrou a banda, nota-se uma dose ainda maior de agressividade, além da qualidade latente. Como foi atingir este resultado?

Sérgio “Baloff” Borges: Grato por suas palavras. Tudo sempre aconteceu muito naturalmente no Headhunter D.C., tudo flui com muita naturalidade, nunca quisemos nos enquadrar no que está “in” ou no que está “out” no momento, apenas satisfazemos os nossos instintos, e os nossos instintos pedem Death Metal, sempre desenvolvendo o nosso som, a nossa música, mas sempre também mantendo-nos fincados em nossas raízes, nas raízes do verdadeiro Metal da Morte, então sendo sempre fiéis e verdadeiros antes de tudo a nós mesmo os resultados esperados sempre serão atingidos. Essa é a nossa forma de evoluirmos e estamos muito satisfeitos e orgulhosos dela. A agressividade e brutalidade sempre foram características primordiais em nossa música e isso se manterá vivo na essência do Headhunter Death Cult até o fim.

Hell Divine – Um dos grandes destaques do trabalho é a música “Hail the Metal of Death!”, que soa como se fosse um verdadeiro hino do Metal extremo brasileiro. Qual a mensagem que tentaram passar através desta música?

Sérgio “Baloff” Borges: Eu não diria uma mensagem, mas a ideia é tentar passar um pouco do sentimento que o Death Metal nos provém... Difícil de expressar através de breves palavras, é claro, mas que unidas a riffs feitos como nos primórdios do gênero e um refrão “pegajoso” (odeio essa palavra, mas evitei o “memorável” para não soar pretensioso... risos) creio que chegamos muito perto desse objetivo. TOTAL DEATH!

Leia também entrevistas com MX, Soulspell, Kamala, Command6, Frozen Aeon, Rafael Tavares (artista gráfico), Edu Nascimento (tatuador) e Trek de Magalhães (produtor musical).

Ao todo são 50 páginas, contendo diversas colunas, além de resenhas de CDs, DVDs, GAMES e shows. A revista está disponibilizada em formato PDF, mas, pode ser visualizada na tela sem necessidade de download. Para fazer o download gratuito da revista, acesse o link informado abaixo; para abrir o arquivo PDF em seu computador, é obrigatória a instalação do programa ACROBAT READER, que pode ser baixado gratuitamente através do site: http://get.adobe.com/br/reader

Download da revista: http://bit.ly/Sh7quv
Para visualizar na tela, acesse: http://bit.ly/11jhd7c

Contatos:
Site: www.helldivine.com
Blog: www.helldivine.blogspot.com
Myspace: www.myspace.com/helldivine
Facebook: www.facebook.com/helldivine
Twitter: twitter.com/helldivine
E-mail: helldivinemetal@gmail.com
Assessoria de Imprensa: contato@wargodspress.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

555 acessosHeadhunter D.C.: comunicado da banda sobre saída de membro fundador895 acessosHeadhunter D.C.: Membro fundador deixa a banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Headhunter D.C."

Death MetalDeath Metal
5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutar

HM OnlineHM Online
O Krisiun tocaria com bandas de White Metal?

Heavy MetalHeavy Metal
O homem tem que ser na vida o que prega no palco?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Headhunter D.C."

Alice in ChainsAlice in Chains
Mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"

MetallicaMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

GhostGhost
Nergal revela a identidade de Papa Emeritus II?

5000 acessosBruce Dickinson: punks não sabem tocar e tem inveja do metal5000 acessosGuitarras e Baixos: Perguntas e Respostas5000 acessosMaquiagem, spikes e sorrisos: conheça o Happy Black Metal5000 acessosLinkin Park: "Perdemos fãs ao longo do caminho intencionalmente"2282 acessosCompact Disc: como e por qual motivo nasceu o revolucionário formato4174 acessosPower Ballads: as 10 maiores de todos os tempos

Sobre Maicon Leite

Maicon Leite é assessor de imprensa na Wargods Press, colaborador na revista Roadie Crew e um dos autores do livro Tá no Sangue! - A História do Rock Pesado Gaúcho, dentre outros projetos e publicações.

Mais matérias de Maicon Leite no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online