Marilyn Manson: processando sua falsa noiva em $50.000

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luciano Correa, Fonte: Loudwire
Enviar Correções  

No começo deste mês MARILYN MANSON solicitou, através de seu advogado, um pedido público de desculpas de Seraphim Ward (seu nome verdadeiro é Yolanda Tharpe) por espalhar falsas histórias sobre ele na imprensa.

publicidade

De acordo com o Hollywood Reporter, a queixa foi apresentada na Terça-Feira (29 de Janeiro) no Tribunal Superior de Los Angeles. MARILYN MANSON alegou que ele foi alvo de "meses de uma campanha de difamação e assédio." Ele também disse na denúncia não conhecer Ward, que atua com música e filmes ocultos independentes.

Seraphim Ward chamou atenção quando ela declarou em uma história amplamente divulgada que estava noiva de MARILYN MANSON. Ele e seus representantes negaram a história, dizendo que desconheciam a mulher, porém isso não foi o suficiente para que ela parasse com os boatos sobre Manson, inclusive acusando o mesmo de ser "pro-Nazi" e racista.

publicidade

De acordo com o apresentado, Seraphim Ward fez uma retratação sobre o noivado, mas depois fez acusações públicas de que MARILYN MANSON não quis casar com ela porque ele "não queria ser visto com mulheres [Afro-Americanas] como ela." Outras declarações dadas por ela, acusavam Manson de ser o responsável pela morte de dois gatos dela e que ele estava perseguindo-a.

publicidade

MARILYN MANSON está solicitando indenização de $50.000 referente a cinco casos de difamação, apropriação indevida de direito de publicidade, uso ilegal de seu nome para vantagens comerciais e imposição intencional e negligente de perturbação emocional.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sepultura: ouça cover de Tainted Love gravado para nova série do GloboplaySepultura
Ouça cover de "Tainted Love" gravado para nova série do Globoplay

Marilyn Manson: novo clipe Don't Chase The Dead traz ator de The Walking Dead; vejaMarilyn Manson
Novo clipe "Don't Chase The Dead" traz ator de The Walking Dead; veja

Resenha - We Are Chaos - Marilyn MansonResenha - We Are Chaos - Marilyn Manson

Marilyn Manson: a importância de Ozzy Osbourne em sua carreiraMarilyn Manson
A importância de Ozzy Osbourne em sua carreira

Marilyn Manson: ouça We Are Chaos, seu novo álbum de estúdio

Marilyn Manson: O inconsistente We Are chaosMarilyn Manson
O inconsistente We Are chaos

Marilyn Manson: ouça Don't Chase The Dead, música do próximo álbumMarilyn Manson
Ouça "Don't Chase The Dead", música do próximo álbum


Na cadeia: astros do rock que foram enjauladosNa cadeia
Astros do rock que foram enjaulados

Oh, não!: clássicos que foram estragados pelo tempoOh, não!
Clássicos que foram "estragados" pelo tempo


Ghost: uma foto assustadora dos bastidores do Rock In RioGhost
Uma foto assustadora dos bastidores do Rock In Rio

Roadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadoraRoadrunner
Os dez melhores vídeo-clipes da gravadora


Sobre Luciano Correa

Colaborador do Whiplash e apreciador de várias vertentes do Rock/Metal. Começou cedo ouvindo Queen, Nazareth e RPM no velho toca discos dos pais. Escutou muito Guns N' Roses, Bon Jovi, Scorpions, Metallica, Iron Maiden e Sepultura até descobrir Helloween, Blind Guardian e Gamma Ray. Ainda nesse meio tempo começou a ouvir Ramones, Misfits, Offspring, Angra, Rhapsody, Hammerfall, Stratovarius, Manowar, Motörhead, Pantera e Slayer para fechar a década de 90. No começo dos anos 2000, incluiu em sua lista bandas como Nightwish, Sonata Arctica, Within Temptation, System Of A Down, Rammstein, Dimmu Borgir, Cradle of Filth e atualmente - últimos 5 anos, tem escutado muito Children Of Bodom, Katatonia, Alestorm, Eluveitie, entre tantas outras. Rock/Metal é barulho para alguns e estilo de vida para tantos outros!

Mais matérias de Luciano Correa no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin