The Agonist: entrevista com o grupo no All That Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Guilherme 'NokturnaL' - ATM, Fonte: All That Metal
Enviar correções  |  Ver Acessos

O blog ALL THAT METAL foi atrás da banda THE AGONIST para uma entrevista informal, conhecer um pouco sobre a banda, e descobrir maiores detalhes sobre os planos da banda para 2013, o entrevistado fora Danny Marino (guitarra), e você confere um trecho da entrevista mais abaixo:

Panophobia

ATM - Há alguns meses atrás, THE AGONIST tocou no Brasil, e a platéia ficou bastante impressionada com a performance e execução do som da banda. Como foi tocar para o público brasileiro? Existe alguma diferença entre nós e o público de outros países? E a experiência como um todo, não somente o show, mas o Brasil como um todo, comida, clima, lugares e etc - atendeu a expectativa de fazer com que a banda volte em um futuro?

Danny - Nossos shows no Brasil foram incríveis. O público sul americano, especialmente o brasileiro, demonstra sua paixão pelo metal. E os promotores que nós trabalhamos foram atenciosos para nos levar aos pontos turísticos e para apreciar as especiarias, comidas e bebidas locais, o que realmente é ótimo. Eu amo cachaça.

ATM - A primeira vez que ouvi a banda, fiquei surpreso por ser uma mulher a fazer aquele tipo de vocal, não somente vocais rasgados, mas como vocais limpos e guturais. Como a ideia principal para a banda fora criada? Olhando atentamente ao som, é uma mistura de novas teorias com velhas influências, demonstrando o que nós ouvimos hoje em dia. Logo, o que pergunto é, este era o som que vocês planejavam desde o inicio ou fora uma evolução natural?

Danny - Quando THE AGONIST iniciou a carreira não havia objetivos específicos, musicalmente falando. Apenas criamos o que gostávamos de tocar. Isto continua como uma verdade, mas em "PRISONERS" foi o primeiro álbum em que pude variar o som na minha mente. Alissa sempre possuiu a habilidade de realizar ambos os tipos de vocais, desde o limpo até os guturais e ela gosta de variar para melhor destacar uma música. É muito mais interessante dessa maneira do que se limitar em um som específico.

Confira o resto da entrevista, diretamente no blog All That Metal, para acessar clique no link abaixo:
http://allthatmetal.blogspot.com.br/2013/01/the-agonist-entr...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Agonist"


The Agonist: novo álbum Orphans, terceiro com Vicky Psarakis, é lançado

Arch Enemy: Antes da fama, Alissa teve talento questionado no ÍdolosArch Enemy
Antes da fama, Alissa teve talento questionado no Ídolos

Metalhead: as mulheres mais sexys do Heavy MetalMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal


Steven Tyler: Há álbuns que prefiro esquecerSteven Tyler
"Há álbuns que prefiro esquecer"

Freddie Mercury: a descoberta do vírus em 1987Freddie Mercury
A descoberta do vírus em 1987


Sobre Guilherme 'NokturnaL' - ATM

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336