Jason Newsted: as suas impressões sobre Enter Sandman

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O ex-baixista do METALLICA, JASON NEWSTED, que anunciou recentemente seu muito aguardado retorno à música, falou sobre sua atual relação com a maior banda de Metal do mundo, que suspeitamos esteja indo muito bem no momento, dado que ele juntou-se a eles no palco para aqueles fabulosos shows do aniversário de 30 anos do grupo em dezembro de 2011.

publicidade

"Não há nada de vindicativo ou algo do tipo", ele disse ao site Classic Rock Revisited. "Não há mais negatividade alguma entre nós. É tudo passado e já faz 12 anos. Esse tipo de coisa azeda e boba já foi faz tempo. Era em sua maioria reacionária, eu penso. Agora é bem forte e muito boa. A banda deles bota pra fuder sempre, e eu tenho minha banda nova e me sinto com 19 anos de novo. Eu realmente me sinto assim."

publicidade

Newsted também comentou sobre se ele sentia que "Enter Sandman" ia mudar a vida dele pra sempre quando ele a ouviu pela primeira vez.

"Não, com certeza não. Quando eu a ouvi pela primeira vez, antes de ser trabalhada, eu a achei muito quadradona. Daí James Hetfield enfiou a cara nela e fez o que fez. Foi idéia de Kirk dá-la para James. Ele cuidou da árvore e todos nós colhemos os frutos. Eu fiquei bem impressionado quando ela se encaixou toda, porque o baixo estava chacoalhando a sala."

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da bandaGuns N' Roses
álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda

Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosSonho de Consumo
Os 10 palcos de shows mais desejados


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin