Rex Brown: ex-Pantera fala sobre o lançamento de seu livro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Adam Lawton, do MediaMikes.com, recentemente conduziu uma entrevista com o ex-baixista do PANTERA, e atualmente no KILL DEVIL HILL, Rex Brown. Alguns trechos desta conversa podem ser lidos abaixo:

Pantera: seria uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do Rock, diz Phil AnselmoShow de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 2010

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

MediaMikes.com: O que faz deste um bom momento para o lançamento do seu livro?

Rex Brown: Um amigo meu, que dirige a revista Bass Player mencionou que ele era amigo de um cara que escrevia livros e que eu deveria ingressar nisto. Naquela época era algo em que eu não tinha interesse algum. Eu pensava que não estava morto, então escrever um livro agora? Após pensar nisto por um tempo, percebi que realmente fazia sentido escrever agora. As coisas que aconteceram com Dime [o falecido guitarrista do PANTERA] realmente me foderam. Ele foi assassinado. Ele era meu melhor amigo e padrinho no meu casamento.Vivi muito tempo em uma garrafa e fazendo coisas loucas sem saber que as coisas não eram assim. Entrei em contato com meu autor e começamos a começar como faríamos isso. Li todos os livros de rock que saíram [...]. Uma coisa levou a outra e ele começou a escrever as coisas e me enviar. Ele teve que desenvolver minhas gírias enquanto escrevia. Eu queria contar meu lado da história, minhas verdades e experiências sobre o que aconteceu, e é tudo verdade. Meu autor também trouxe a ideia de trazer a escrita de amigos e familiares para preencher algumas lacunas."

MediaMikes.com: "Foi difícil olhar para o passado, para algumas destas histórias e ouvir a perspectiva de pessoas envolvidas?

Rex Brown: "Quando eu li pela primeira vez, sim. Quando eu comecei a saber um pouco mais daquilo que eles queriam dizer, não. Então é uma resposta de sim e não. Minha irmã está bem presente neste livro, então eu liguei para ela outro dia e expliquei que quando este livro sair, ele não vai ser um livro de culinária ou um livro infantil. Eu disse que ela provavelmente não vai querer mostrar isso para todos seus amigos. Ela é 17 anos mais velha que eu e não levava o estilo de vida hippie que eu vivia. O livro é diferente da maioria dos livros, mas é real. Tão real quanto pode ser. É a verdade. Isso foi algo que eu tive que explicar para meus gêmeos de 13 anos. Eu avisei que eles poderiam receber algumas críticas sobre isso, mas que não se preocupassem, que tudo iria ficar bem. Isso era a vida passada do papai. O que eu fiz é muito diferente do que faço agora. Mudei minha vida. Cresci e amadureci."

MediaMikes.com: Este livro, por ser tão verdadeiro, não lhe preocupa certa retaliação de fãs ou de pessoas mencionadas no livro?

Rex Brown: "Eu não ligo pra isso. Vá escrever seu próprio livro. Esta é minha verdade e minhas experiências. Esta é a melhor maneira que eu sei de contar as coisas. Eu quero que seja honesto e limpo. Eu sou próximo de Phillip (Anselmo, ex-vocalista do PANTERA) e Rita [Haney. Ex-namorada de Dimebag], mas eu não falo com Vinnie [baterista, irmão de Dimebag]. Você tem que ler este livro por inteiro. Não pode pegar um capítulo aqui e outro ali, tem de ir do começo ao fim. [...] Tenho orgulho do livro e não o teria exposto se não tivesse. [...] sempre há o bom, o mau e o feio, e este livro não fala mais de uma pessoa do que outro. É sobre fazer uma banda funcionar e passar por aquilo que passamos. É por isso que meu livro é chamado de 'Official Truth' [Verdade Oficial] eu poderia dar um livro de besteiras, mas eu dei a todos a merda da verdade."

Lei a entrevista completa, em inglês, em:

http://www.mediamikes.com/2013/03/panteras-rex-brown-talks-a...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Pantera"Todas as matérias sobre "Damageplan"Todas as matérias sobre "Kill Devil Hill"Todas as matérias sobre "Rex Brown"


Pantera: seria uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do Rock, diz Phil AnselmoPantera
seria uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do Rock, diz Phil Anselmo

Ghost: banda toca trecho de "Walk", do Pantera, em show

Zakk Wylde: guitarrista mantém aberta chance de fazer tour de homenagem ao PanteraZakk Wylde
Guitarrista mantém aberta chance de fazer tour de homenagem ao Pantera

Clube da Música: a trágica morte de Dimebag Darrell (vídeo)Pantera: as bandas relacionadas ou derivadas do grupo texano.

Pantera: dez fatos interessantes que talvez você ainda não conheçaPantera
Dez fatos interessantes que talvez você ainda não conheça

Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUATúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA


Show de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 2010Show de Rock
As diferenças entre os anos 80 e 2010

Metal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômitoMetal Hammer
Dez capas que provocam ânsia de vômito


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336