Anthrax: Scott Ian vira Lobisomem e fala de filmes de terror

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O quarto episódio da segunda temporada de "Blood & Guts", web série do canal Nerdist no YouTube, que tem como anfitrião o guitarrista do ANTHRAX Scott Ian, pode ser visto abaixo. Junte-se Ian enquanto ele recebe a maquiagem de lobisomem no set de "Teen Wolf" com Chris Gallaher e Erik Porn, do Almost Human.

Há quem goste: As 10 bandas mais odiadas do universoNew York Times: os 100 melhores covers de todos os tempos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando questionado sobre como a sua colaboração com Nerdist surgiu, Ian disse ao Nerdist.com, "Foi do nada, o Chris [Hardwick], fundador do Nerdist, chegou pra mim e perguntou se isso era algo que eu estaria interessado. Ele sentiu que minha personalidade era certa para isso. Acho que a história de fundo sobre ele seria a de que, quando eles apareceram com a ideia de 'Talking Dead', eu recebi um telefonema sobre filmar o piloto, e meu trabalho seria repórter de campo. O que eles fizeram então foi me mandar para o set de filmagem de um dos webisódios e Greg Nicotero e sua equipe me transformaram em um zumbi e eu tinha que ser um walker. Tive closeups e tudo mais no webisódio. Quando me apanharam, não me mantiveram como repórter de campo - nessa posição, eu acho, não era algo que iríamos avançar - mas Chris me manteve na sua mente. Só posso supor que quando o Nerdist e o Fangoria tiveram a idéia de fazer esta série, Chris disse que eu seria o cara certo para ser o anfitrião e essas coisas por causa do pouco que eu fiz em 'Talking Dead'".

Sobre os seus momentos de maquiagem com tema de horror favoritos de todos os tempos, Ian disse: "A primeira coisa a aparecer em minha mente é quando Tom Savini fica destruído em 'Dawn Of The Dead'. Isso me assustou quando criança e eu acho que você poderia meio que dizer que ficou comigo em um bom caminho. A cena em 'Scanners' quando sua cabeça explode, isso é clássico. Qualquer coisa no 'Evil Dead' ou 'Evil Dead 2'. Eu sei que eu já falei isso, mas eu só vi 'Drive' na semana passada. E aquela cena em que ela tem a cabeça arrancada saiu direto de um filme de terror dos anos 80. O filme não é necessariamente lento, mas muito Michael Mann, o tipo de velocidade dos anos oitenta, muito paradão e tudo mais. e então, de repente, tem a cena do quarto de hotel acontece e você fica apenas, como, 'Puta merda! ", sabe, e depois a coisa toda fica a 100 quilômetros por hora. Eu fiquei encantado com esse filme."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Anthrax"


Thrash Metal: a história contada pelos próprios músicosThrash Metal
A história contada pelos próprios músicos

Anthrax: gravadora não deixou que Corey Taylor fosse vocalistaAnthrax
Gravadora não deixou que Corey Taylor fosse vocalista


Há quem goste: As 10 bandas mais odiadas do universoHá quem goste
As 10 bandas mais odiadas do universo

New York Times: os 100 melhores covers de todos os temposNew York Times
Os 100 melhores covers de todos os tempos


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336