Dia de Fúria: assista Geoff Tate arrancando celular da mão de fã

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Em 17 de maio de 2013, em St. Charles, Illinois [EUA], a versão do alemão GEOFF TATE para o QUEENSRYCHE estava se apresentando no Arcada Theater quando um incidente deveras desagradável ocorreu.

Diferentemente do que acontece com a versão da banda que tem TODD LA TORRE como vocalista – que pega celulares das mãos dos fãs para ajudá-los a registra imagens de um show antes de devolver o aparelho a eles – o controverso frontman deu mais uma demonstração de seu já conhecido descontrole emocional e sacou um telefone de um pagante, para então arremessá-lo aleatoriamente na plateia.

publicidade

Na nota abaixo, leia o comentário de Tate sobre o ocorrido.

Geoff Tate sobre quebrar celular de fã: É somente Rock and RollGeoff Tate sobre quebrar celular de fã
"É somente Rock and Roll"

Testemunhe o lamentável episódio na marca de 10’16" do vídeo abaixo.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Geoff Tate: vocalista está trabalhando em misterioso álbum novoGeoff Tate
Vocalista está trabalhando em "misterioso" álbum novo

Queensryche: show em São Paulo está cancelado devido a pandemia de COVID-19Queensryche
Show em São Paulo está cancelado devido a pandemia de COVID-19


Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloMetal Progressivo
Os dez melhores álbuns do estilo

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1988Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1988


Top 5: Os roqueiros mais chatos da históriaTop 5
Os roqueiros mais chatos da história

Mayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011Mayhem
Banda levou restos humanos para o palco em 2011


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin