Black Sabbath: como a banda enfrentou e venceu o câncer de Iommi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 22/05/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


O guitarrista do BLACK SABBATH, TONY IOMMI, falou sobre sua experiência com o câncer para a edição de julho da revista GUITAR WORLD:
3078 acessosKrisiun: banda agradece e Ward conta como conheceu brasileiros5000 acessosCarlos Eduardo Miranda: "Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"

Iommi: "Uma vez que ouvi meu médico dizer isso, meu mundo inteiro mudou. Eu pensei, ‘Uma porra de linfoma? Estou acabado.’"

"Uma vez que eles me diagnosticaram, eu tive que começar logo o tratamento. E aquilo me derrubou. Eu passava por aquelas fases pensando, será que eu aguento? E daí: claro que eu aguento. Eu não quero morrer. Eu quero seguir em frente e fazer o que eu devo fazer."

"Eles pensaram que eu ia bater as canelas. Mas eu perguntei ao médico, ‘Tudo bem se eu trabalhar?’ E ele disse, ‘Sim, você só tem que ter cuidado’. Então eu ia pro estúdio e tocava um pouco. Daí eu me cansava e tinha que me sentar. Os caras me diziam pra não forçar muito."

Osbourne: "Nós todos ficávamos tomando conta dele. Não que ficássemos dizendo, ‘Você está bem? Você está bem?’ Nós só continuávamos ali. Claro, ele parecia cansado, mas ele foi um soldado e marchou em frente. Ele ainda tinha mais riffs saindo de dentro dele do que qualquer outro. Nenhum de nós dizia, ‘Ah, ele está doente de novo’. Somos irmãos. Crescemos juntos. É como um membro da família ficando doente.’"

Butler: "Isso trouxe à tona o quanto somos apenas seres mortais, e não vamos estar aqui pra sempre. Tony e eu estávamos no HEAVEN & HELL com Ronnie James Dio, e seis meses depois, Ronnie estava morto [de câncer no estômago em 2010]. Nós não achávamos de modo algum que isso fosse acontecer. Quando Tony desenvolveu o câncer, claro que isso passou pela mente dele. Nós não sabíamos como ele responderia ao tratamento. Então foi meio que, vamos gravar esse álbum curte o que custar, desde que Tony possa fazê-lo. Então compúnhamos por três semanas, e daí ele ia se tratar e tínhamos três semanas de folga. Mas isso não afetou em nada o desempenho dele. Na verdade eu acho que isso o encorajou e tirou o foco da mente dele do câncer, o que é a melhor coisa que você pode fazer se tem aquilo."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

KrisiunKrisiun
Banda agradece e Bill Ward conta como conheceu os brasileiros

771 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?154 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa1430 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Dimebag DarrellDimebag Darrell
Em 1993, citando suas 12 músicas favoritas

Zakk WyldeZakk Wylde
"Black Sabbath com o Dio não é Black Sabbath"

Catarina MiglioriniCatarina Migliorini
Virgem gosta de Led, Purple, Sabbath e Floyd

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

MirandaMiranda
"Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"

DoorsDoors
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

AngraAngra
A carta aberta de Edu Falaschi sobre a sua saída da banda

5000 acessosCapas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da história5000 acessosCuriosidade: artistas que odeiam suas próprias músicas5000 acessosZakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para Ozzy5000 acessosGuns N' Roses: o "Chinese Democracy" que você nunca viu5000 acessosEm cana: bandas que gravaram video clipes em presídios de verdade3739 acessosLed Zeppelin: o álbum gravado com PJ Proby antes do debut

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online