Bob Daisley: vendendo livro autografado pelo site oficial

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Mateus Roman Pamboukian, Fonte: Site oficial, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 22/07/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


O veterano baixista autraliano Bob Daisley(ex-RAINBOW, OZZY OSBOURNE, URIAH HEEP, DIO, BLACK SABBATH, GARY MOORE etc etc etc) anunciou que está vendendo cópias autografadas de sua recém-lançada autobiografia "For facts sake", que pode ser adquirida em sua página oficial aqui.
2786 acessosAses das seis cordas: Guitarristas e suas assinaturas5000 acessosEdu Falaschi: "não tenho saudades do Angra"

"Ao longo dos anos, fui muitas vezes instado a escrever este livro e já não era sem tempo. Em entrevistas, conversas e fóruns de fãs na internet, pediram-me diversas vezes para colocar minhas experiências e aventuras no papel, e este livro é a culminação de muitas décadas de uma vida dedicada à música. Do grande espectro de artistas e personalidades da indústria do entretenimento com quem tive o prazer e a sorte de trabalhar, relato meu tempo passado com Chicken Shack, Mungo Jerry, Widowmaker, Rainbow, The Blizzard of Ozz, Uriah Heep, Ozzy Osbourne, Gary Moore, Black Sabbath, Dio e outros. Entre os que aparecem no texto, estão Bon Scott, John Bonham, Ritchie Blackmore, Ronnie Dio, Cozy Powell, Ozzy Osbourne, Lee Kerslake, Randy Rhoads, Jake E. Lee, Carmine Appice, Gary Moore, George Harrison, Zakk Wylde, Toni Iommi, Yngwie Malmsteen, Joe Lynn Turner, Tony Williams, Aynsley Dunbar, Bill Ward, Steve Vai, Steve Morse, Jon Lord, Don Arden, David Arden, Steven Machat, Sharon Osbourne e muitos outros, numerosos demais para citar aqui. Devido à enorme quantidade de fãs de cada um desses artistas, a demanda para que eu escrevesse o livro foi constante.

Esta é a história da minha vida como músico e compositor, numa carreira contínua que data de mais de quarenta anos até agora. Eu mesmo escrevi cada palavra, não houve co-autores ou ghost-writers. Embora a história comece com o meu nascimento, experiência familiar, infância e tempo na escola, o foco principal são as muitas realizações na música que tive a sorte de desfrutar. Minha jornada não foi fácil, mas foi no entanto interessante, criativa, recompensadora e bem-sucedida. Vim de um meio trabalhador nos subúrbios de Sidney, Austrália, e fui parar em Londres, trabalhando com os maiores nomes do rock. Incluí histórias de estrada, informações de bastidores de gravações, anedotas hilárias e causos de tragédia e tristeza. Está tudo aí - o nascimento de bandas bem-sucedidas, a composição das músicas, a gravação de discos clássicos e a verdade sobre quem contribuiu com o que nas composições e gravações. Eu revelei o engano, a traição, a injustiça, o escândalo e os litígios judiciais por que passei devido à ganância e o ego inerentes ao negócio da música. Também contei da alegria sincera e da satisfação que vêm com a criatividade, sucesso, camaradagem e amizade.

Mantive um diário desde o começo de 1976, então não houve chutes ou estimativas grosseiras; é tudo preciso, acurado e factual. A maioria das histórias nunca foi contada publicamente até agora. Eu não fiquei fazendo sensacionalismo ou trazendo sujeira à tona de ninguém, a verdade nua e crua e as dúzias de fotos nunca vistas antes são o suficiente para deixar tudo mais do que interessante.

Como compositor, baixista e letrista, tive o imenso prazer de ver o meu trabalho atingir um status icônico. Álbuns como os lendários "Blizzard of Ozz" e "Diary of a Madman" são apenas a ponta do Iceberg. Canções como "Crazy Train", "Mister Crowley", a controversa "Suicide Solution", "Flying High Again" - e muitas outras gravações com Ozzy e outros diversos membros da realeza do Rock - tornaram meu nome um sinônimo de clássicos.

Esta é a história "do pequeno subúrbio para o topo" da minha vida... com verrugas e tudo."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Seis cordasSeis cordas
Guitarristas e suas assinaturas

2410 acessosJimmy Copley: baterista morre aos 64 anos de idade738 acessosHeavy Lero: Black Sabbath com Ozzy, a terceira parte435 acessosSamantha Fish: guitarrista blueseira faz cover de "War Pigs"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

VegetarianismoVegetarianismo
Nomes do Rock e do Metal que não comem carne

Sounds EntertainmentSounds Entertainment
As melhores músicas do Heavy Metal

Tony IommiTony Iommi
Mostrando para amadores como tocar "Into The Void"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"0 acessosTodas as matérias sobre "Uriah Heep"0 acessosTodas as matérias sobre "Rainbow"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Edu FalaschiEdu Falaschi
"Não tenho saudades do Angra"

Collectors RoomCollectors Room
Coleção de Metallica com 16 versões apenas do "Ride"

Led ZeppelinLed Zeppelin
Plant recusa 47 milhões por dois shows e Page fica louco

5000 acessosAC/DC: canção ajudou soldado de "Falcão Negro em Perigo"5000 acessosAnthrax: guitarrista fala sobre filmes e quadrinhos5000 acessosFail!: algumas das releituras de rock mais bizarras5000 acessosLed Zeppelin: em quantas músicas Plant não fala "baby"?4976 acessosFoo Fighters: baterista revela a sua formação de banda dos sonhos5000 acessosAs Novas Caras do Metal: especial 20 novas bandas de metal tradicional

Sobre Mateus Roman Pamboukian

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online