Jon Oliva: onde os fãs estavam quando a banda precisou?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O vocalista e multi-instrumentista e lenda do SAVATAGE, Jon Oliva, é a estrela de uma nova entrevista com o Metal Meltdown, discutindo seu novo álbum solo, "Raise The Curtain". Um trecho está disponível abaixo.

Fotos de Infância: Steven Tyler, do AerosmithMalmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre o "Raise The Curtain": "É na verdade somente uma pausa do JON OLIVA'S PAIN. Foi quando Matt falaceu. Isso me fodeu, cara. Foi como reviver a coisa com Criss toda de novo. Eu falei com Matt um dia antes de sua morte. Tudo estava bem, e bla bla bla. Foi como quando Criss faleceu. Eu havia falado com Criss um dia antes, na casa de Paul, e 'boom', no próximo dia ele havia partido. Eu fiquei realmente deprimido e foi como: 'Preciso dar um tempo, cara'. Eu tinha esses últimos riffs que Criss deixou, foram na verdade as primeiras músicas que escrevemos juntos, e eu fiquei : 'Antes que eu empacote, cara, eu tenho que colocar essas coisas lá fora'. E eu disse: 'Eu vou fazer isso agora, é o momento de fazê-lo.' Eu preciso de uma pausa dessa coisa de banda. Eu não queria substituir Matt logo de cara, eu não queria lidar com essa merda. Eu precisava de algo para ficar ocupado. foi como ter o 'Handful Of Rain' todo de novo após a morte de Criss. O 'Handful Of Rain' foi quase um álbum solo. Eu tinha algumas pessoas me ajudando, eu tinha Paul, obviamente, e Zak, e Alex Skolnick. Mas além disso, todo o 'Handful Of Rain' foi comigo."

Sobre o SAVATAGE: "Tudo se resume, infelizmente, a ganhar a vida. Nós não temos mais 21 anos. Nós demos os melhores anos de nossas vidas ao SAVATAGE. Quando as pessoas, algumas vezes, ficam irritadas comigo por causa disso, eu penso: 'Onde diabos vocês estavam quando precisávamos que vocês comprassem os discos?'. Se o SAVATAGE tivesse lançado o 'Dead Winter' e vendesse 2 milhões de cópias, nós não teríamos esta conversa agora. Alguém me explique como eu poderia lançar a mesma música no outro ano e ela vender milhões. E eu ando por aí com 6 discos de platina na minha parede e nenhum deles tem o nome do SAVATAGE. O que eu deveria fazer? Eu tenho uma família para cuidar. Eu tenho responsabilidades. Eu dei tanto tempo para a banda quanto foi possível. Agora eu tenho algo que está fazendo muito sucesso. Isso pagou as contas para todos, proveu um meio de vida para todos os caras do SAVATAGE. Nós ainda somos uma família, nós ainda estamos juntos, nós ainda nos amamos. Por que eu iria fazer algo para destruir isso? Por que eu iria ligar a chave da ganância sobre isso, ensaiar uma semana e fazer um álbum do SAVATAGE? Não faz sentido para mim."

Áudio completo da entrevista, em inglês, no link abaixo.

http://www.metalmeltdown.com/1/post/2013/06/interviews-jonol...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Jon Oliva"


Jon Oliva: onde os fãs estavam quando a banda precisou?Jon Oliva
Onde os fãs estavam quando a banda precisou?

Bill Hudson: BR bangers são persecutivos e têm baixa autoestimaBill Hudson
BR bangers são persecutivos e têm baixa autoestima


Fotos de Infância: Steven Tyler, do AerosmithFotos de Infância
Steven Tyler, do Aerosmith

Malmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarristaMalmsteen
Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGoo336