Duff McKagan: o STP fez o que tinha que fazer com Scott Weiland

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O ex-colega do vocalista SCOTT WEILAND no VELVET REVOLVER, o baixista DUFF MCKAGAN, falou com o programa radiofônico "Standard Ass Rock Show" da estação 101.5 KFLY em Eugene, Oregon sobre a demissão de Weiland da banda que ele co-fundou, o STONE TEMPLE PILOTS, no começo desse ano.

Indústria: 17 coisas que bandas novas simplesmente não entendem

Iron Maiden: os fãs mais insuportáveis em lista da MTV

Perguntado se ele acha que Weiland está usando drogas de novo, McKagan disse: "Eu nunca diria algo sobre isso, na real, em público... eu sei que ele tem filhos e eu desejo o melhor pra ele, simplesmente porque eu já vi o lado bom dele."

Ele continuou: "Os caras do STONE TEMPLE PILOTS, fizeram o que tinham que fazer. Eu totalmente [dá de ombros]... eu entendo o que eles tiveram que fazer. Eu acho que eles receberam muitas más reações dos fãs do STP, mas o que é que você vai fazer? Eles fizeram o que precisavam, e bom pra eles – eles são caras saudáveis e bons sujeitos, caras pros quais você torce se você os conhece e entende pelo que eles passaram. Eu passei pela mesma coisa com o vocalista deles e é muito frustrante. É frustrante demais quando as coisas estão indo bem e um cara está meio que empurrando tudo pra baixo. Ou empurrando pro lado pelo menos... pro lado.. vou dizer pro lado."

Confira o áudio da entrevista abaixo:

Agradecimento: Samuel Coutinho.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Indústria: 17 coisas que bandas novas simplesmente não entendemIndústria
17 coisas que bandas novas simplesmente não entendem

Iron Maiden: os fãs mais insuportáveis em lista da MTVIron Maiden
Os fãs mais insuportáveis em lista da MTV


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin