Disturbed: David Draiman desmente rixa com Lemmy Kilmister

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 03/08/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O vocalista do DISTURBED/DEVICE, David Draiman, postou uma nota na página oficial do Disturbed no Facebook, nesta quarta-feira, dia 31 de julho, para acabar com qualquer tipo de rumor de que ele e lendário vocalista do MOTORHEAD, Lemmy Kilmister, possuem problemas um com o outro.

5000 acessosAdeus: o último show de 10 rockstars que morreram nesta década5000 acessosLuiz Calanca: A coleção do dono da Baratos Afins

De acordo com o longo post de Draiman, que você pode ler abaixo na íntegra, alguns fãs ficaram fofocando sobre algum tipo de rixa entre Draiman e Lemmy. Sempre sincero, Draiman digitou suas palavras - detalhando um incidente entre ele e um fã do Motorhead que aconteceu enquanto Draiman dava autógrafos em Everett, Washington, durante uma parada da Gigantour 2013 na noite passada.

Draiman escreveu:

"Eu tenho que fazer alguma coisa pra desabafar;

Ontem à noite, durante uma parada do Gigantour em Everett WA., nós (Device) estávamos no meio da nossa sessão de autógrafos entre o estande de merchandising do BLACK LABEL SOCIETY e o meet and greet do MEGADETH, quando um cara (grande e vestido com um colete do BLS) foi até à mesa de autógrafos, me olhou na cara, e deixou escapar um 'LEMMY É DEUS!' e depois fugiu como se fosse um moleque do segundo grau, soltando alguns insultos, e depois correu como uma bichinha (Quero dizer, na verdade o cara tinha uns 1,96cm e devia pesar mais de 100kg!).

Eu suponho que este seja um resultado equivocado à história de que Lemmy e eu tenhamos algum tipo de rixa é falsa. Deixe-me deixar uma coisa bem clara. Nós não temos rixa alguma.

Eu não tenho nada além de um grande respeito por Lemmy e todos do Motorhead. Eles são pioneiros no gênero e são lendas nesse planeta. Sua fusão do punk com o metal tem influenciado e inspirado apenas quem faz parte do mundo do Hard Rock/Heavy Metal.

Essa bobagem, que certos elementos da imprensa gostam de perpetuar a fim de criar um drama onde não existe nenhum, eles são irresponsáveis e de má qualidade. Isso tudo decorreu de uma entrevista onde me perguntaram o que eu pensava sobre toda aquela parafernalia nazista que Lemmy gosta de vestir ou que simboliza. Jeff Hanneman (RIP) teve uma boa educação, eu acredito.

Vindo de uma família de sobreviventes do Holocausto, este é obviamente um assunto muito sensível para mim e eu disse. 'Eu não tô nem aí de quem você é, se você usa um traje nazista, isso vai ser um problema pra mim'. Vai ser sempre assim. Como alguém em sã consciência espera que eu concorde com alguém que use um traje nazista?

Eu não tenho nada contra, além do amor e respeito por ambos, mas eu nunca irei concordar com essa simbologia e toda essa parafernália, que são agitados por qualquer nazista. Isso não quer dizer que eu tenha uma 'rixa' pessoal com qualquer um deles. Lamento pela morte de Jeff, tanto quanto qualquer um, ele era um músico inspirador e brilhante, e eu ainda considero Lemmy como um dos maiores de sempre. Isso não significa que eu tenha que concordar com essa escolha particular de sua simbologia ou moda, porque eu não concordo e nunca concordarei.

Esse drama que pode ser perpetuado por certos elementos da impressa, parece coisa de criança tagarela que gosta de se esconder (sim BLABBERMOUTH, PRP, e todos esses outros haters, eu estou falando de você), não ajudam o gênero, só prejudicam. Eu tomei cerveja no The Rainbow bar and Grill em Los Angeles com Lemmy em várias ocasiões (onde eu o encontrava jogando video poker, várias noites), e sempre será uma honra vê-lo novamente.

Quando a imprensa joga a ísca, para conseguir uma resposta que sabem que vai gerar polêmica, mesmo sabendo que eles podem ter uma resposta honesta sua, eles usam para começar algum tipo de rumor, isso não pode ser publicado, isso é manipulação. Seus imaturos e irresponsáveis. Em vez de reforçar a fraternidade dentro do gênero, eles criam dilemas e separações, com a intensão de canalizar o tráfego em suas páginas. Isso é muito patético.

Então, para esclarecer as coisas...

Eu não tenho nada além de respeito e admiração pelo talento e pelas realizações de Sr. Lemmy Kilmister, embora eu possa discordar, veementemente, de sua escolha de vestuário de vez em quando.

Agora vamos deixar essas merdas desses boatos de lado, ok?

-David Draiman"

Fonte original desta matéria:
http://loudwire.com/david-draiman-squashes-rumors-feud-motor...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

AdeusAdeus
O último show de 10 rockstars que morreram nesta década

804 acessosBrazilian Tribute To Motörhead: Torture Squad e Hatefulmurder686 acessosMotorhead: ouça o Genocídio no tributo brasileiro à banda2106 acessosCooking Hostile: Cozinhando com suas bandas preferidas1076 acessosMotorhead: ouça música de tributo brasileiro à banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

LemmyLemmy
"Se vendesse como o AC/DC lançaria dois álbuns por ano!"

MotorheadMotorhead
Lemmy: "Eu simplesmente odeio todos os políticos!"

LemmyLemmy
O Motley Crüe era mais foda que muitas bandas de Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Disturbed"0 acessosTodas as matérias sobre "Device"0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Collectors RoomCollectors Room
A coleção de Luiz Calanca, "SP Metal" e mais

Peppa PigPeppa Pig
"Eu gosto disso! É muito adulto!"

AC/DCAC/DC
A definição de Bon Scott por Brian Johnson

5000 acessosRoger Waters: irritado com os "cameramen de celular"5000 acessosKurt Cobain: novas fotos da cena do crime não verão a luz do dia5000 acessosRamones - Perguntas e Respostas5000 acessosIron Maiden: 8 covers comentados e comparados com os originais5000 acessosPolêmica: as músicas mais controversas da história do Rock5000 acessosSleaze Roxx: site elege os 10 melhores álbuns de 2010

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online