Mike Mangini: acrescentando mais tempero no Dream Theatrer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Ver Acessos

Rod Whitfield de SF Media recentemente conduziu uma entrevista com o tecladista Jordan Rudess do DREAM THEATER. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

Há 25 anos: Dream Theater lançava o ótimo álbum AwakeGaragens: adolescentes frustrados, guitarras baratas e energia

Sobre o auto-intitulado novo álbum da banda:

"Sim, eu estou tão animado com ele. Eu acho que é definitivamente um dos nossos melhores álbuns, e nos sentimos tão bem com isso que decidimos acabar auto-intitulando o disco, assim todo mundo fica feliz.

"Nós sentimos que a banda está em um ótimo momento, pessoalmente e musicalmente, era realmente hora de marcar isso, e dizer: 'Ei, sabe de uma coisa? O Dream Theater é assim'. É realmente uma representação de quem somos como pessoas neste momento. Foi um ano fantástico, sem contar a turnê com Mike Mangini, e o fato de tê-lo totalmente integrado na banda".

Sobre como Mike Mangini foi adicionado ao processo de composição da banda:

"Ver ele em estúdio conosco, nos deu essa faísca extra, não só musicalmente, mas também como uma animação extra além da energia de um cara divertido. Então, isso nos levou a este nível mais forte, unificado e poderoso. Sua presença é um alívio, porque ele é uma pessoa única, a sua forma te tocar é bem individual, e a forma como ele pensa, ele ofereceu algumas idéias muito interessantes. Especialmente em matéria de ritmo, foi muito legal"

Sobre as diferenças entre as personalidades e modo de tocar de Mike Mangini e o ex-baterista do Dream Theater, Mike Portnoy:

"Sim, eu me sinto tão sortudo na minha carreira por ter trabalhado com alguns dos maiores bateristas e guitarristas, mas estamos falando de bateristas, e Mike Portnoy é um dos maiores bateristas que existe. Nós tivemos grandes momentos por muitos anos juntos. E agora estamos tocando com Mangini, é uma experiência musical maravilhosa. E foi realmente interessante tocar com esses grandes bateristas, eles são bem diferentes, mas o mais legal em Mangini é que ele não só é um tipo diferente de baterista, mas como também pode se encaixar como uma luva nas músicas. Então, quando nós tocamos as canções mais antigas do Dream Theater, ele se sente muito confortável. Mesmo que ele tenha uma abordagem diferente, ele meio que se encaixa como uma luva. Então, ele consegue, porque ele pode fazer isso, mas ele também pode oferecer algumas idéias novas e interessantes no que estamos fazendo".

Leia a entrevista completa (em inglês) no link abaixo:
http://sfmedia.com.au/interview-dream-theater/

Fonte original desta matéria:
http://www.blabbermouth.net/news/dream-theater-keyboardist-h...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dream Theater"Todas as matérias sobre "Mike Mangini"


Há 25 anos: Dream Theater lançava o ótimo álbum AwakeDream Theater: James LaBrie espera lançar álbum solo em 2020Em 23/09/1997: Dream Theater lançava o álbum Falling Into Infinity

11 de Setembro: as tristes coincidências envolvendo Slayer e Dream Theater11 de Setembro
As tristes coincidências envolvendo Slayer e Dream Theater

Em 11/09/2001: Dream Theater lançava Live Scenes From New YorkLars Ulrich: e se ele tocasse em uma banda country?Dream Theater: em 1994, o Dream Theater cravava seu nome na cena

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Dream Theater: banda lança vídeo animado de Barstool Warrior; assistaDream Theater
Banda lança vídeo animado de "Barstool Warrior"; assista

Mastodon: Brent Hinds diz que Dream Theater é uma banda Gay!Mastodon
Brent Hinds diz que "Dream Theater é uma banda Gay!"

Dream Theater: o suposto plágio de música de Leandro & Leonardo?Dream Theater
O suposto plágio de música de Leandro & Leonardo?

Loudwire: Os 10 melhores álbuns de 1992Loudwire
Os 10 melhores álbuns de 1992


Garagens: adolescentes frustrados, guitarras baratas e energiaGaragens
Adolescentes frustrados, guitarras baratas e energia

Steven Tyler: vocalista admite que já queimou a roscaSteven Tyler
Vocalista admite que já queimou a rosca

Rock Brasileiro: uma lista das 10 maiores bandasRock Brasileiro
Uma lista das 10 maiores bandas

Lemmy: as pessoas se tornam melhores quando morremLemmy
"as pessoas se tornam melhores quando morrem"

Slayer: quando o pai de Araya descobriu que a banda era satanistaSlayer
Quando o pai de Araya descobriu que a banda era satanista

Michael Schenker: Klaus Meine é o único artista no ScorpionsMichael Schenker
"Klaus Meine é o único artista no Scorpions"

Nicko McBrain: por que ele não usa bumbos duplos?Nicko McBrain
Por que ele não usa bumbos duplos?


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336