Gene Simmons: um cuzão com quem não chega sóbrio e na hora certa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Uma coisa há de ser dita sobre o líder do KISS, GENE SIMMONS: ele responde tudo o que você perguntar sem rodeios.

3844 acessosPaul Stanley: "guitarristas não aprendem a fazer base"5000 acessosSlayer: Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

Em uma conversa travada em setembro de 2013 com a Rolling Stone – supostamente para divulgar o novo livro do KISS, “Nothing To Lose” – o ar ficou denso a ponto de poder ser cortado com faca, especialmente quando veio à tona o tema dele ser pintado de ‘mau sujeito’ pelas demissões dos membros originais PETER CRISS e ACE FREHLEY.

“Eu sou MESMO o mau sujeito”, respondeu Simmons. “Eu não defendo bêbados e alcoólatras que sobem ao palco e acham que isso é um direito natural deles. Eu considero um privilégio subir lá e chegar na hora certa e estar sóbrio, e eu vou ser um cuzão com quem quiser que seja que pense o contrário. Sabe quem mais é um cuzão? Seu professor era um cuzão. Seus pais são cuzões. Seu sargento do Tiro de Guerra era um cuzão. Por que eles não te davam brecha com tuas pisadas de bola. Ace e Peter passaram a vida toda sendo perdedores. E não só com drogas e álcool. Eles são perdedores por causa de decisões erradas. Você dorme na cama que você faz. Quantas chances você tem na vida? Eles entraram e saíram da banda três vezes. Por que deveriam ter outra oportunidade?”

E se for de algum consolo para Criss e Frehley por serem chamados de perdedores, eles não são os únicos na mente de Simmons.

“Qualquer um que esteja puto conosco é só gente pequena com sonhos pequenos que nunca deu em nada e sempre estará puto. Mas eles estão, em sua maior parte, puto consigo mesmos por serem perdedores.”

Dando de ombros para a opinião alheia, ele finalizou:

“É como gritar com o Godzilla, que tem 150 metros de altura. Eu não acho que ele vá se importar. ‘O que você disse? Você acha que eu sou arrogante? Sinto muito, eu não tenho tempo pra discutir, estou ocupado destruindo Tóquio. Até mais!’”.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 11 de abril de 2017

Paul StanleyPaul Stanley
"Guitarristas não aprendem a fazer base"

457 acessosAce Frehley: "Anomaly" ganha versão deluxe; ouça música inédita752 acessosKiss: bicicleta de triathlon em edição limitada0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Kiss"

Gene SimmonsGene Simmons
Ele pode provar que detonou 5 mil mulheres?

Top 10Top 10
Músicas boas "escondidas" em discos não tão bons

KissKiss
"Ace e Peter dependem de álcool e drogas!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Kiss"

SlayerSlayer
Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

Cristina ScabbiaCristina Scabbia
Cantora fala sobre seus seios e Playboy

Fascínio pelo terrorFascínio pelo terror
Cinco bandas que dão medo

5000 acessosCorey Taylor: sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro Pesch5000 acessosBruce: "Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"5000 acessosU2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da banda5000 acessosHeart: a suruba que não rolou com Alex e Eddie Van Halen5000 acessosTen Masked Men: versões Death Metal para hits pop5000 acessosRonnie James Dio: Analisando a sua poderosa voz

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online