Motley Crue: Sebastian Bach chegou a ser chamado para o vocal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em setembro de 2013, uma arenga entre o baixista do MÖTLEY CRÜE, NIKKI SIXX, e o vocalista SEBASTIAN BACH [ex-SKID ROW] escalou muito mais rápido e intensamente do que qualquer um de nós poderia supor.

3130 acessosMötley Crüe: Nikki Sixx anuncia aposentadoria5000 acessosHeaven & Hell: mistérios e autocensura na capa de álbum

Tudo começou quando Bach afirmou ter sido sondado para substituir o vocalista original da banda, VINCE NEIL, à ocasião de seu rompimento com o grupo em 1992. O crooner bahamense só trouxe o assunto à tona quando um fã o indagou sobre a passagem no Twitter.

O assunto poderia muito bem ter morrido ali, todavia, o fundador do Mötley Crüe usou seu programa de rádio, o SIXX SENSE, para divagar sobre a suposta ilegitimidade da declaração de Sebastian, afirmando categoricamente que a vaga de frontman de sua banda – que acabou sendo ocupada por JOHN CORABI – nunca sequer fora cogitada para o bico do então jovem residente de Nova Jérsei.

Sebastian continuou sustentando sua versão da história e acrescentou que chegou a ensaiar por um dia inteiro com o Crüe, sessão ao fim da qual o próprio Sixx teria lhe ofertado o cargo, e que ele recusou por achar que seguir com o Skid Row seria mais promissor. Bach ainda disse que preferia acreditar que a memória de Sixx estivesse equivocada.

Foi aí que o ícone do hard rock angeleno abdicou do cavalheirismo e de qualquer etiqueta na discussão, e clamou via Twitter – rede que ele próprio classificara como ridícula em idos de 2010 - que ‘Sebastian estava querendo vender livros’, além de chamá-lo de ‘falido’.

E eis que, do baú de memórias que não se dissipam da internet, Bach sacou evidências mais que contundentes de seu breve envolvimento com o quaternário oitentista.

Em um vídeo já disponível anteriormente no YouTube [infelizmente não mais disponível], Nikki Sixx e o baterista grego TOMMY LEE são entrevistados pela MTV e, ao longo da conversa, Nikki fala CLARAMENTE sobre ter ENSAIADO com Bach. Não uma jam session, nada de ‘tirar um som’, mas de um ensaio, o que confere um status profissional a seja lá o que tenha acontecido entre a banda e Baz.

E agora, Sixx? Pego com a mão amarela, huh?!?!

Agradecimento: Samuel Coutinho

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

2412 acessosSebastian Bach: convidado para o Motley Crue, preferiu o Skid Row4131 acessosMotley Crue: Nikki Sixx desmente história de Sebastian Bach1590 acessosSebastian Bach: ensaiou com o Mötley Crüe antes de ser convidado5000 acessosSebastian Bach: "Alguém deve desculpas para alguém"1326 acessosSebastian Bach: vídeo de "Live Wire", do Motley Crue

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Mötley CrüeMötley Crüe
Nikki Sixx anuncia aposentadoria

1905 acessosMötley Crüe: John Corabi explica fiasco comercial do disco de 1994741 acessosMötley Crüe: edição de 30 anos de Girls Girls Girls545 acessosMötley Crüe: "Girls, Girls, Girls" será relançado0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motley Crue"

CensuraCensura
8 clipes de rock/metal que já foram banidos da televisão

Mötley CrüeMötley Crüe
Ron Jeremy conta de suruba com Vince Neil e Savannah

Motley CrueMotley Crue
Tommy Lee confessa experiência-quase-gay

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Sebastian Bach"0 acessosTodas as matérias sobre "Motley Crue"0 acessosTodas as matérias sobre "Skid Row"

Heaven & HellHeaven & Hell
Mistérios e autocensura na capa de álbum

Heavy MetalHeavy Metal
Os melhores álbuns de 2009 segundo o About.com

Raise the hornsRaise the horns
A origem de um dos simbolos mais fortes do Heavy Metal

5000 acessosMetal sueco: site elege as dez melhores bandas da Suécia5000 acessosKiss: filha de Gene, Sophie Simmons, é uma patcha de uma gostosa5000 acessosIron Maiden: curiosidades sobre o "The Number Of The Beast"5000 acessosOzzy: outros rockeiros que usaram camisetas do grêmio4097 acessosHeavy Metal: em vídeo, dez dos subgêneros mais estranhos5000 acessosCorey Taylor: "Aprendi que há limites de até onde você pode ir"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 06 de abril de 2017

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online