Matérias Mais Lidas

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

imagemCuecão de couro: Rob Halford posa com suas "great balls of fire" em camarim

imagemAvenged Sevenfold e o álbum do Guns N' Roses que deveria ser mais valorizado

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemMick Jagger diz que sente muito a falta do baterista Charlie Watts


Slipknot: Corey fala sobre proibição a mascarados em protestos

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Fonte: G1
Em 18/10/13

Corey Taylor, vocalista das bandas STONE SOUR e SLIPKNOT (que se apresenta neste sábado em São Paulo no festival Monsters of Rock) concedeu uma entrevista a Rodrigo Ortega, do G1, onde falou, entre outros assuntos, sobre a proibição de mascarados em protestos no Brasil.

G1 - Atualmente, máscaras são um assunto de interesse no Brasil. No Rio, pessoas são proibidas de se mascarar em protestos. Um homem foi preso com fantasia de Batman. Sabia disso?

Corey Taylor - Vi algumas coisas sobre isso, mas não no Brasil. Acho que tentaram proibir máscaras no Egito também. É estranho, não é? O governo deveria se concentrar nos problemas, nas causas dos protestos. Não em uma coisa que os manifestantes usam simbolicamente. Se eles se preocupassem mais no motivo pelos quais as pessoas estão protestando, chegariam a um acordo mais rápido. As pessoas estão infelizes. Thomas Jefferson tem uma ótima frase, como: "Governos devem ter alvo de revoluções de vinte em vinte anos para se manterem honestos". Chegar ao ponto de proibir pessoas de usarem máscaras para protestar é ridículo. Usar uma máscara te permite se expressar de maneira completamente livre. Você mostra mais de si e quebra as barreiras de autocensura. É isso que sempre tentamos fazer."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

G1 - As máscaras de Guy Fawkes foram um sucesso aqui. Elas são usadas pelo Anonymous para criar um tipo de multidão anônima perigosa. Essa ideia de 'se não vejo o rosto, tenho mais medo' é a mesma dos uniformes e máscaras do SLIPKNOT?

Corey Taylor - De certa forma, sim. Usar uma máscara te permite se expressar de maneira completamente livre. Você mostra mais de si e quebra as barreiras de autocensura. É isso que sempre tentamos fazer. Se colocamos as máscaras, estamos livres para dizer o que precisamos, expressar o que queremos. Usar máscaras é libertador.

A entrevista, na íntegra, você confere no G1.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva.