Cavalera Conspiracy: Max e Rizzo falam do "brutal e veloz" 3º CD

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

O CAVALERA CONSPIRACY, a banda liderada pelos irmãos e membros fundadores do SEPULTURA, MAX [também do SOULFLY] e IGGOR, está dando os retoques finais em seu terceiro álbum - ainda sem título - que deve sair no segundo semestre através do selo NAPALM RECORDS. O CD está sendo produzido por JOHN GRAY, que já havia trabalhado com o Soulfly.

Sepultura: duas drum cam de Eloy Casagrande no Rock in RioRamones: Perguntas e respostas e curiosidades

Max pronunciou-se diretamente do estúdio a respeito dos progressos na confecção da obra.

Sobre trabalhar com seu irmão:

"Sempre houve uma mágica assassina quando toco com meu irmão. Temos uma conexão especial que transparece através de nossa música e o público reage a isso de modo insano."

Sobre o processo de gravação:

"Eu tenho que, por bem dizer, entrar em modo Cavalera Conspiracy. Eu queria que o novo disco fosse mais rápido e thrash com o conceito da Babilônia Antiga. Quanto ao equipamento de gravação, usamos de tudo! Não dependemos muito de Pro Tools como as outras bandas.

Todas as trilhas de Iggor são gravadas ao vivo. A energia está toda ali e tocamos tocas as guitarras e cantamos por cima disso, então, de certo modo, é como os antigos métodos de gravação."

Sobre a pressão que cerca o terceiro disco da banda:

"Há pressão, mas eu também gosto do desafio. Eu acho que esse é o disco mais intenso e rápido do CC até agora. Estou muito orgulhoso dele."

O Cavalera Conspiracy recrutou o baixista NATE NEWTON do CONVERGE para gravar o disco, que declarou: "Esse é, disparado, o disco mais rápido e pesado que eu já tive o prazer de trabalhar com Max Cavalera. Max, Iggor e Marc [Rizzo, guitarrista] estavam em total sincronia musical desde o momento em que passaram pela porta, e gravar esse álbum foi um processo muito tranquilo. Eu nunca havia trabalhado com Iggor antes, e fiquei muito impressionado com a habilidade dele de bolar os arranjos com Max e conseguir tirar alguns trechos muito difíceis de bateria ao vivo, quase sem necessidade alguma de uma segunda tomada. Marc Rizzo, como sempre, chutou na veia, é um autêntico virtuoso da guitarra. Eu amo trabalhar com Marc porque ele sempre se esforça para chegar à perfeição, mas ele é muito pé-no-chão e mantém as coisas leves quando está sob pressão."

Rizzo também mostrou-se bastante satisfeito com o que vem sido obtido em estúdio:

"O que eu posso dizer sobre Nate Newton? Ele matou nas trilhas de baixo sem muito esforço. Estou realmente impressionado com seu talento, e espero poder conhecê-lo pessoalmente algum dia. O novo disco do Cavalera Conspiracy foi incrível de gravar. Definitivamente um terceiro disco brutal e veloz!!!"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Cavalera Conspiracy"Todas as matérias sobre "Sepultura"


Sepultura: duas drum cam de Eloy Casagrande no Rock in Rio

Sepultura: novo álbum Quadra é conceitual e Andreas Kisser explica ideiaSepultura
Novo álbum Quadra é conceitual e Andreas Kisser explica ideia

Sepultura: banda mostrou a capa do álbum Quadra durante show no Rock in RioSepultura
Banda mostrou a capa do álbum Quadra durante show no Rock in Rio

Sepultura: no Rock in Rio, música nova e homenagem a Andre Matos; vídeosSepultura
No Rock in Rio, música nova e homenagem a Andre Matos; vídeos

Rock in Rio 2019: horários do dia do metal passam por pequena alteraçãoRock in Rio 2019
Horários do "dia do metal" passam por pequena alteração

Sepultura: Amilcar Christófaro substitui Eloy Casagrande durante show em festivalSepultura
Amilcar Christófaro substitui Eloy Casagrande durante show em festival

Sepultura: gravações do novo álbum já foram concluídas pela bandaSepultura
Gravações do novo álbum já foram concluídas pela banda

Sepultura: Faleceu pai de Eloy Casagrande

Sepultura: Andreas Kisser usará guitarra com cores do movimento LGBT no Rock in RioSepultura
Andreas Kisser usará guitarra com cores do movimento LGBT no Rock in Rio

Em 02/09/1993: Sepultura lançava o clássico "Chaos A.D."

Max Cavalera: Reunião? Só no apocalipse!Max Cavalera
Reunião? Só no apocalipse!

Sepultura: a banda vai seguir apostando em vocais limpos?Sepultura
A banda vai seguir apostando em vocais limpos?

Sepultura: Yohan Kisser fala sobre como é tocar com o paiSepultura
Yohan Kisser fala sobre como é tocar com o pai


Ramones: Perguntas e respostas e curiosidadesRamones
Perguntas e respostas e curiosidades

Fotos de Infância: Gene Simmons, do KissFotos de Infância
Gene Simmons, do Kiss

Axl Rose: Texto analisa rivalidade com Kurt CobainAxl Rose
Texto analisa rivalidade com Kurt Cobain

Frases de bandas: o que eles realmente querem dizer?Frases de bandas
O que eles realmente querem dizer?

Corey Taylor: sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro PeschCorey Taylor
Sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro Pesch

Guns N' Roses: vídeo mostra a idade passando para elesGuns N' Roses
Vídeo mostra a idade passando para eles

Metallica: e se Hardwired fosse do Slayer, Pantera, Anthrax ou Megadeth?Metallica
E se "Hardwired" fosse do Slayer, Pantera, Anthrax ou Megadeth?


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336