Venom: Mantas descarta reunião da formação original

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 17/04/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Jeff “Mantas” Dunn, guitarrista original da pioneira banda de black metal britânica VENOM, lançou o seguinte pronunciamento:

“Eu quero deixar um pronunciamento oficial sobre os rumores e especulações quanto a uma reunião da formação original do VENOM.

5000 acessosDream Theater: os segredos do álbum Octavarium5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1984

Primeiramente, eu vou dizer que não quero gerar uma tonelada de respostas ou discussões, especialmente de pessoas que acham que sabem dos fatos, mas na verdade estão fazendo suas próprias e erradas suposições

Eu li muitos comentários, e alguns desonestos e amargos, mas eu escolho permanecer em silêncio. Não confunda isso, porém, com complacência ou falta de informação sobre estes comentários, eles foram todos vistos e guardados.

Eu leio praticamente todas as partes da história do VENOM que está aí fora e não há uma delas que é ‘absolutamente’ verdade... EU ESTAVA LÁ, EU SEI OS FATOS, EU CONHEÇO A VERDADE... Eu não tenho razão para procurar atenção com estes pronunciamentos mentirosos.

Eu recebi uma ligação quase um ano atrás, dos agentes originais que estavam perguntando sobre a possibilidade de reunir a formação original. Minha resposta para isso foi que eu estava disposto a conversar, mas eu não acreditei por um minuto que teria alguma chance realística de isso acontecer devido a história entre os membros. Eu estava, porém, aberto às discussões e iria esperar por mais informações.

Em 2005 eu tive uma longa conversa de telefone com Conrad [‘Conos, baixista/vocalista do VENOM], inicialmente sobre o retorno de uma licença de produto. Foi durante esta conversa que ele perguntou se eu estava OK com ele continuar como VENOM. Eu disse que sim e desejei-lhe o melhor. Neste ponto de minha vida, o VENOM não era mais preocupação, visto que minha mãe tinha sofrido um derrame, e após uma longa batalha, mais tarde naquele ano, ela viria a falecer, então meu foco estava obviamente voltado para ela.

Como vocês bem sabe, Conrad esteve deste então fazendo shows e gravando como VENOM e eu estive ocupado com o M-PIRE OF EVIL.

Com o passar do tempo e com os rumores e discussões sobre uma reunião crescendo, mas sem qualquer palavra minha ou de Conrad, tornou-se óbvio que as duas pessoas que precisavam se comunicar eram nós dois, visto que nós tínhamos carreiras ativas, então fiz a decisão de entrar em contato com ele e receber respostas, que seriam basicamente um ‘sim’ ou um ‘não’. No fundo de meu coração eu já sabia que estava preparado para a resposta e honestamente tinha minhas reservas sobre a validação e prática de tal empreendimento.

Como você pode ter adivinhado, a resposta veio como um ‘não’ e eu posso oficialmente dizer que não haverá reunião da formação original.

Eu vou incluir somente uma frase da resposta de Conrad já que estas são comunicações pessoais e privadas entre nós. Em sua resposta, ele disse: ‘Eu pessoalmente não tenho interesse em tentar trabalhar com a formação original novamente.’

Isso é algo que eu já esperava e entendia.

Eu falei com muito de vocês em um nível mais pessoal e no final do dia, eu mesmo ainda sou principalmente um fã de música e posso entender completamente sua lealdade e paixão pela banda, da mesma forma que eu me sinto com o JUDAS PRIEST ou o KISS, mas vamos encarar os fatos, nenhum de nós é o mesmo e nós vamos sempre idolatrar os dias de glória, mas infelizmente não é tão simples assim, e antes de qualquer pessoa rebater este comentário, eu vou reforçar o fato de que ‘não é tão simples assim’. Veja só as recentes notícias rodeando o KISS e o Rock And Roll Hall Of Fame. Nós temos escutado isso MUITAS vezes de muitas bandas e não somos imunes disso... as ações dos indivíduos envolvidos e o impacto destas ações na unidade como um todo.”

Eu entendo completamente que muitos de vocês desejaram por um final diferente, mas tudo que posso dizer é que fiz o contato e fiz a pergunta [...]

Até onde eu sabia, o VENOM vai continuar em sua presente forma, e o M-PIRE vai continuar a travar na ética que estabelecemos... e mais.

Eu vou concluir dizendo algo que eu já disse muitas vezes e vou dizer mais uma vez

Vocês, os fãs, são a parte mais importante disso que chamamos de indústria musical. Nunca esqueçam disso! Sem vocês, nada disso existiria [...]”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 17 de abril de 2014
Post de 19 de abril de 2014

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Venom"

VenomVenom
"Matar pessoas não tem nada a ver com entretenimento!"

Metal ExtremoMetal Extremo
Os 25 melhores álbuns de todos os tempos

Thor versus CronosThor versus Cronos
Foto-novela hilária de 1984

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Venom"

Dream TheaterDream Theater
Os muitos segredos do álbum "Octavarium"

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1984

Legião UrbanaLegião Urbana
A versão de Renato Rocha sobre a sua saída

5000 acessosFotos de Infância: Skid Row5000 acessosA História Impopular dos Rolling Stones - Livro 1 - Brian Jones5000 acessosWest Ham: o time do coração de Steve Harris5000 acessosHeavy Metal: as piores capas dos grandes artistas do gênero4172 acessosMotörhead: Philip Campbell - O cara que não foi5000 acessosCharles Manson: ele pode estar muito próximo da morte

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online