Killer Be Killed: vendas superam as do novo CD de Sebastian Bach

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

O autointitulado álbum de estreia do KILLER BE KILLED, projeto composto por MAX CAVALERA [SOULFLY, ex-SEPULTURA], GREG PUCIATO [THE DILINGER ESCAPE PLAN], TROY SANDERS [MASTODON] e DAVE ELITCH [ex-THE MARS VOLTA] vendeu por volta de 5500 cópias somente nos EUA em sua primeira semana de comercialização, chegando ao #58 da parada da edição da revista Billboard naquele país.

Rock Brasileiro da Década de 70Classic Rock: as 10 melhores baladas dos anos 80

A cifra, bastante considerável para o mercado atual, supera os resultados obtidos por nomes maiores e com maior respaldo promocional, como o bahamense SEBASTIAN BACH [ex-SKID ROW] e MICHAEL SWEET [STRYPER].

"Killer Be Killed" foi lançado no dia 13 de maio passado pelo selo NUCLEAR BLAST.

Max Cavalera, sempre com muito bom gosto para camisetas
Max Cavalera, sempre com muito bom gosto para camisetas



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Killer Be Killed"Todas as matérias sobre "Soulfly"Todas as matérias sobre "Sepultura"Todas as matérias sobre "Dillinger Escape Plan"Todas as matérias sobre "Mastodon"Todas as matérias sobre "Mars Volta"Todas as matérias sobre "Sebastian Bach"


Sepultura: a história por trás do álbum Beneath The RemainsSepultura
A história por trás do álbum "Beneath The Remains"

Max Cavalera: uma reunião do Sepultura seria fantástica!Max Cavalera
Uma reunião do Sepultura seria fantástica!


Rock Brasileiro da Década de 70Rock Brasileiro da Década de 70

Classic Rock: as 10 melhores baladas dos anos 80Classic Rock
As 10 melhores baladas dos anos 80


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adGooILQ