Nem Jeová Ajuda: CD solo do gospel Michael Sweet fracassa nos EUA

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Pelo jeito propagar o evangelho em nome de Jeová não tem rendido graças tampouco bênçãos ao vocalista da banda cristã de hard rock STRYPER - em atividade desde os anos 80 - MICHAEL SWEET.

Solos de guitarra: lista dos 50 melhores segundo a NMEFotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O recém-lançado álbum solo do frontman, "I'm Not Your Suicide", vendeu apenas 2900 cópias nos EUA em sua primeira semana de comercialização, e ficou na #154 posição na parada da edição estadunidense da Billboard. Mesmo fazendo uma intensa campanha de divulgação nos meios especializados e com uma autobiografia sendo lançada em paralelo, Sweet acabou ficando atrás até mesmo de outra mixaria: a de "Give'Em Hell", do vocalista bahamense SEBASTIAN BACH [SKID ROW] que vendeu 5 mil cópias em seus primeiros sete dias nas prateleiras. O disco de Bach, vale lembrar, estampa o vocalista com chifres numa gravura de temas satânicos em sua capa.

ZARAPELHO 1 x 0 JEOVÁ




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Stryper"


Top 5: discos solo que foram lançados sob o nome de bandasTop 5
Discos solo que foram lançados sob o nome de bandas

Van Halen: Deveriam ter mudado nome quando Sammy entrou!Van Halen
"Deveriam ter mudado nome quando Sammy entrou!"


Solos de guitarra: lista dos 50 melhores segundo a NMESolos de guitarra
Lista dos 50 melhores segundo a NME

Fotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adGoo336