Necro: banda Necronomicon muda nome e lança singles e clipe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Breno Airan, Fonte: Youtube
Enviar correções  |  Ver Acessos

Um dos mais relevantes power trios da região Nordeste, a banda alagoana Necronomicon, acaba de mudar de nome. Agora, para evitar questões burocráticas no futuro ou ainda confusões semânticas, eles se chamarão NECRO. Que assim, então, seja!

Separados no nascimento: Joe Satriani e Lord VoldemortBizarre Magazine: Quão bizarro é... Ronnie James Dio

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 2009, o grupo de Doom/Occult Rock emergia em meio a uma cena um pouco esquecida na capital de Alagoas, Maceió. Olhares de fora, na verdade, foram bem mais solícitos.

A Necro já possui dois álbuns gravados e lançados pelo selo estadunidense Hydro-Phonic Records, sendo o último de 2012, o ótimo "The Queen of Death", em formato vinil.

Com influências que vão desde CAPTAIN BEYOND, ATOMIC ROOSTER, EMERSON, LAKE & PALMER e BLACK SABBATH até OS MUTANTES e JOELHO DE PORCO, Pedro Ivo Araújo (vocais e baixo), Lillian Lessa (guitarras e vocais) e Thiago Alef (baquetas) mesclam virtuosismo e simplicidade de forma genuína.

Eles estão preparando novo material a ser lançado nos próximos meses e já lançaram na rede dois singles: "Grito" e "Dark Redemption".

Confira "Grito", primeira da Necro em português, no link abaixo:

http://necronomicon.bandcamp.com/album/grito-single

Já "Dark Redemption" vem com Lillian Lessa no microfone. Veja o clipe feito pela banda e produzido por Gabriel Passos:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Necronomicon"Todas as matérias sobre "Necro"


Separados no nascimento: Joe Satriani e Lord VoldemortSeparados no nascimento
Joe Satriani e Lord Voldemort

Bizarre Magazine: Quão bizarro é... Ronnie James DioBizarre Magazine
Quão bizarro é... Ronnie James Dio


Sobre Breno Airan

Acima de tudo, um forte. Ser roqueiro no Nordeste é estar cercado de olhares de soslaio. Mas ele sabe ser simpático. Começou a escutar Heavy Metal ainda na barriga da mãe. A seu pai, uma verdadeira enciclopédia do estilo, deve tudo. Aos 14 anos, pediu para uma tia R$ 12 de presente de Natal, foi a uma loja de CDs usados e catou logo o "Rust in Peace", do Megadeth - em perfeito estado, inclusive. Daí por diante, a paixão só vem aumentando. É editor do blog Rock na Velha, integrante do blog Combe do Iommi e colaborador da revista alagoana Rock Meeting. Ainda tem tempo para ser jornalista e de tocar baixo em sua banda de Hard Rock, a Azul Manteiga.

Mais matérias de Breno Airan no Whiplash.Net.

adGoo336