Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemDave Mustaine, eufórico, compara James LoMenzo com Cliff Burton

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA


Stamp

Gwar: reação de Randy Blythe sobre a morte de Dave Brockie

Por Jonathan Silva
Fonte: Metal Sucks
Em 04/06/14

Ontem foi divulgada a noticia de que Dave "Oderus Urungus" Brockie, vocalista do Gwar, faleceu vítima de uma overdose acidental de heroína (é bom lembrar que "overdose acidental" é diferente da overdose provocada, quando o usuário tem total consciência da quantidade que está usando, mesmo sendo excessiva; o que não ocorreu com Oderus). A possibilidade da morte de Dave estar relacionada ao uso de drogas já era cogitada, e causou uma certa repercussão entre os fãs da banda. Randy Blythe, vocalista do Lamb of God e amigo pessoal do vocalista, postou no Instagram suas considerações sobre a informação da causa mortis de Davie Brockie em um pequeno texto, que você lê logo abaixo:

Dave Brockie, Randy Blythe e Brad Roberts
Dave Brockie, Randy Blythe e Brad Roberts

"Aqui sou eu com Dave Brockie e Brad Roberts do Gwar em 2006. Brad e eu continuamos aqui, mas Dave se foi - overdose acidental de heroína, como alguns de vocês ficaram sabendo hoje (NE: a mensagem foi postada ontem). Isso realmente não importa, porque morte é morte, mas não penso que Brockie fosse algum viciado doidão quando morreu - ele poderia não ter feito tudo o que fez caso fosse um viciado. Eles tiveram umas festas da pesada, mas acho que ele era um iniciante em drogas. Mas há uma lição aqui: aventurar-se com drogas matam pessoas todos os dias, assim como estar viciado. Já estou farto de ver meus amigos morrerem de álcool e drogas. Realmente, estou muito cansado disso. Alguns deles morrem lentamente no auge do vício, alguns outros morrem depois de fazer alguma besteira um dia depois de uma noite de festa. Alguns se fodem por aí... dizendo 'um dia eu vou ficar sóbrio'... Para a maioria deles, quando esse dia chegar será quando o colocarmos em um caixão. É melhor ficar vivo quando você está sóbrio. Nesta foto eu estava bebendo, sou um alcoólatra completo. Quando bebo, faço coisas loucas, realmente doentias. Mas sou um homem sóbrio hoje. Vivo livremente. Eu posso morrer surfando no oceano amanhã, mas vou fazer as coisas que amo, não sufocado no meu próprio vômito. Além disso, posso tentar ajudar os outros e por isso estou escrevendo isso pra VOCÊ. SIM, VOCÊ. Você, aquele que não consegue parar de beber e se esquenta com sua esposa, você que rouba as pílulas da caixa de remédios do seu amigo, você que está num buraco escuro e quer morrer e a única coisa que resolve o problema por um momento é a bebida ou a droga. ACORDA. PEÇA AJUDA. PARE. POR FAVOR, ESTOU IMPLORANDO. VOCÊ PODE. POR FAVOR, PEÇA AJUDA. Se eu posso fazer isso, QUALQUER UM PODE, porque eu fui um desastre total por anos. Só peça alguma ajuda, caramba. E se você não começou, não comece. APENAS NÃO COMECE. Não tem nada de legal em ser um alcoólatra, um viciado em drogas ou estar morto. Acreditem em mim. Pelo amor de Deus, não parem. Por favor."

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Blend Guitar: em vídeo, as dez bandas mais bizarras de todos os tempos



Sobre Jonathan Silva

Jonathan Silva, freak de nascença, é um aspirante medíocre a jornalista e interessado em literatura marginal e vídeo games violentos. Começou a ouvir na infância bandas do mainstream do rock nacional até o momento em que descobriu o Iron Maiden. Daí, começou uma miscelânea de estilos, que vai desde o jazz erudito até o mais barulhento das bandas de grindcore, passando por várias esquisitices sonoras. EM pleno séc. XXI, ainda é um comprador de CDs e DVDs, só que gasta com isso um valor bem menor do que gostaria.

Mais matérias de Jonathan Silva.