U2: banda prefere que Bono não toque guitarra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Giovanni G. Melo, Fonte: Ultimate Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Bono Vox, vocalista do U2, nunca foi conhecido por seus dotes como guitarrista, e seus companheiros de banda realmente preferem que continue assim.

1737 acessosGNR: até agora, a banda que mais faturou com shows em 20175000 acessosLemmy: "Radiohead e Coldplay são bandas sub-emo"

"Realmente eu não deveria falar sobre isso, mas algumas vezes houve um movimento no U2 para que eu parasse de tocar guitarra", brincou o vocalista durante uma entrevista recente. "Tenho o Edge ao meu lado, e ele muitas vezes disse 'não, não, deixe ele tocar uma, duas ou três músicas'". Mas eles não podem impedir que o filho de Bono conecte sua guitarra e toque: "meu filho realmente é um ótimo guitarrista e um grande fã de NIRVANA e OASIS", explicou.

Bono falou sobre o processo de composição por trás das canções do novo álbum, "Songs of Innocence", compartilhando um pouco sobre como tentou viajar de volta às suas raízes emocionais enquanto escrevia e como lidou com o sofrimento e o nervosismo expressado na música "Iris", que lida com as memórias de sua mãe e as circunstâncias comoventes de sua morte. "Tive alguns momentos nervosos com isso. Na verdade, apenas alguns dias antes de lançar a música acordei pensando 'isso não é algo punk rock para se fazer'. Então me veio a mente que 'John Lennon escreveu sobre sua mãe. Eu posso fazer isso - tenho que fazer'. A raiva que me impulsionou e me interessou no punk rock veio da morte, do sofrimento, e tudo aquilo", admitiu.

Ele também lembrou um episódio doloroso da história do U2, ocorrido na cidade de Portland, Oregon, nos primórdios da banda, quando ele perdeu uma coleção de letras. "Foi na época em que a banda estava apenas tentando descobrir como ser uma banda, e perdi uma caixa com composições. É algo difícil de ser lembrado, mas tem sido resolvido nos últimos anos. Alguém descobriu, e ao invés de vender ou colocar na Internet... eram pessoas decentes, que poderiam ter feito uma graninha, mas decidiram que não. Então, o que era uma lembrança ruim se transformou em uma lembrança muito bonita". Sobre as composições, Bono riu, relatando que, ao pegá-las de volta, não conseguiu ver a banda usando-as em um futuro lançamento: "para ser honesto com você, elas não eram muito boas. Isso foi um pouco humilhante."

E sobre aqueles que se queixaram que queriam apagar o álbum "Songs of Innocence" de suas contas no iTunes? Bono insiste que a banda não guarda rancor. "Não há ninguém que tenha excluído mais músicas do U2 nos últimos cinco anos do que os membros do U2", brincou. "Este é o motivo pelo qual demorou cinco anos".

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 24 de setembro de 2014

Guns N RosesGuns N' Roses
Até agora, a banda que mais faturou com shows em 2017

511 acessosAlta Fidelidade: "The Joshua Tree Tour", vale a pena?785 acessosU2: banda toca "Don't Look Back In Anger" com Noel Gallagher782 acessosU2: a genialidade de uma banda em constante inovação1094 acessosU2: Pacote para a Argentina com desconto no Peixe Urbano0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "U2"

Neil YoungNeil Young
Pelo twitter: "Quem é Bono?"

U2U2
Veja Bono salvando uma garota de morrer esmagada no Live Aid

Nelson MandelaNelson Mandela
Quatro músicas de pop e rock em sua homenagem

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "U2"

MotorheadMotorhead
"Radiohead e Coldplay não são rock"

Iron MaidenIron Maiden
Conheça a equipe e família que viaja com a banda

Power MetalPower Metal
Os dez álbuns essenciais do gênero

5000 acessosSpin Magazine: as maiores baixarias da história do rock5000 acessosVanessa Frehley: amor sem limites ao Kiss5000 acessosCornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas canções5000 acessosDire Straits: um impressionante cover no centro de São Paulo5000 acessosFail: 10 vezes em que o heavy metal passou vergonha em reality shows5000 acessosSabaton: homenagem à Força Expedicionária Brasileira

Sobre Paulo Giovanni G. Melo

Mineiro de Belo Horizonte. Fã de Hard Rock e Heavy Metal, especialmente a partir dos anos 80, não dispensa um disco ao vivo destes estilos. Entre várias de suas bandas preferidas estão Ratt, Aerosmith, Buckcherry, The Cult, Whitesnake, Whitecross, Guns N´ Roses e Motley Crue.

Mais matérias de Paulo Giovanni G. Melo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online