Gwar: "Vulvatron não é a namorada de ninguém"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Guardian
Enviar Correções  

O GWAR tocou no final de semana passado (12/set) no Riot Fest, em Chicago, com o retorno de Blothar (também conhecido como Mike Bishop, anteriormente Beefcake the Mighty) como vocalista, substituindo o falecido Oderus Urungus (Dave Brockie). No entanto, ele não será o único vocalista da banda, que teve a adição de Vulvatron, uma guerreira que estreou no Riot Rest, sendo a primeira mulher no GWAR desde que Slymenstra Hymen deixou a banda em 2000. Na vida real, Vulvatron é Kim Dylla, que também toca no KUNG FU DYKES e THISMEANSYOU.

publicidade

Ela própria disse: "Vulvatron não é a namorada de ninguém, nem uma groupie, nem uma dançarina. Vulvatron está no comando. Ela prefere ser um monstro que uma princesa e isto é importante para jovens garotas que estão começando a explorar o heavy metal".

publicidade

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Gwar: Oderus Urungus é queimado em memorial ao vocalistaGwar
"Oderus Urungus" é queimado em memorial ao vocalista

Randy Blythe: puto com fã no memorial de Oderus UrungusRandy Blythe
Puto com fã no memorial de Oderus Urungus


Ozzy Osbourne: dando chega mais em Mônica Apor na coletivaOzzy Osbourne
Dando "chega mais" em Mônica Apor na coletiva

Mike Terrana: Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!Mike Terrana
"Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin