Anthrax: Scott Ian comenta sua admiração por Lemmy do Motorhead

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar Correções  

Scott Ian, lendário músico do ANTHRAX, teve muito a dizer durante sua turnê de stand up "Swearing Words". Em falou com o PunkNews.org sobre o DVD do show. Trechos dessa recente entrevista estão disponíveis abaixo:

Guns N' Roses: a família brasileira de Axl Rose

Phil Anselmo: mandou um "White Power" mas nega ser racista

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Há partes do filme quando você fala de conhecer um de seus heróis musicais, Lemmy, do MOTORHEAD. Naquele momento, o que Lemmy representou para você?

Scott Ian: "Ele era absolutamente meu herói – ainda é. Desde cedo. Lemmy era um ícone lá em cima com Gene Simmons e Steve Harris e Rob Halford. Eu olhava para Lemmy nessa mesma luz. Ele era quase que como uma criatura mítica. Ele era absolutamente legal e incrível. Eu ouvia seus discos e depois ia aos shows vê-lo ao vivo. Era como se alguém transportasse um pirata de 500 anos atrás para a era moderna. Esse era o som que ele fazia. Eu não poderia descrever o impacto que ele teve em mim e sua influência."

Quando você vê Lemmy agora, você diz: ‘Ah, lá está Lemmy do MOTORHEAD.’ ou você ainda diz: ‘Uau! Lá está Lemmy do MOTORHEAD!'?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Scott Ian: "É uma combinação de ambos. Eu o conheço há muito tempo e nós passamos muito tempo juntos. Por um lado, eu digo: ‘Ah, lá está Lemmy’ e vou conversar com ele. Do outro lado, eu ainda me sinto como aquele garoto de 13 anos quando o vejo: ‘Ah, merda, lá está Lemmy!’"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: a família brasileira de Axl RoseGuns N' Roses
A família brasileira de Axl Rose

Phil Anselmo: mandou um White Power mas nega ser racistaPhil Anselmo
Mandou um "White Power" mas nega ser racista


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280