Megadeth: Chris Broderick explica saída da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Daniel Molina, Fonte: Megadeth Brasil - Rust In Page, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Chris Broderick comentou sobre sua saída do Megadeth.

"Bem, não vai ser tão empolgante quanto alguns esperam. Não vai haver nenhum drama enorme, nem nada disso. Simplesmente chegou a hora de eu sair da banda. Eu fiquei na banda por sete anos que queria liberdade para criar e escrever qualquer coisa que quisesse, fazer do meu jeito.

Megadeth: Dave Mustaine pegou dicas de canto com Bruce Dickinson após câncerFotos de Infância: Red Hot Chili Peppers

"Eu vejo isso da mesma forma que vejo um chef que trabalha em um restaurante e decide montar o seu, ou um advogado que decide abrir o próprio escritório. Era a hora de seguir adiante. E eu acho, quando falei com o Shawn, ele sentia o mesmo. Nós falamos sobre isso por um tempo. Então quando o Shawn saiu eu pensei; 'Nossa, o que aconteceu?'. Sei que havíamos conversado sobre isso, mas ele decidiu sair mesmo...

"Nós nos falamos o tempo todo, então eu sabia que ele havia pensado nisso, eu também havia pensado. O Megadeth está vindo engrenado para o novo álbum e se você estiver com dúvidas sobre fazer parte disso, é melhor não se comprometer com todo o processo de criação e depois abandonar a banda. Então, quando o Shawn saiu, tudo ficou claro para mim. Eu falei com David Ellefson e depois falei com a Jackson Guitars, meus patrocinadores, todos me apoiaram. Todos diziam; 'Cara, a gente está contigo. Faz o que tem que fazer. Então decidi naquela noite que seria o momento exato. Já que a banda está em processo de gravação de um novo álbum.

"Dave Mustaine ficou chateado. Foi, obviamente... Isso não é algo que você queira ouvir. A única coisa que você precisa saber é isso, nós somos músicos contratados, então..."

Chris Broderick ainda disse que ele e Shawn Drover possuem músicas e que pretendem lançar isso em breve.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Megadeth"


Megadeth: Dave Mustaine pegou dicas de canto com Bruce Dickinson após câncerMegadeth
Dave Mustaine pegou dicas de canto com Bruce Dickinson após câncer

Dave Mustaine: câncer não está em remissão, mas tratamento foi concluídoDave Mustaine
Câncer não está em remissão, mas tratamento foi concluído

Judas Priest: Tim "Ripper" se junta a ex-membros do Megadeth e toca clássicos da banda

Megadeth: James me ama e se importa comigo, diz Dave MustaineMegadeth
"James me ama e se importa comigo", diz Dave Mustaine

Patinhos feios: grandes álbuns que são subestimados - Parte 1Patinhos feios
Grandes álbuns que são subestimados - Parte 1

Megadeth: banda voltará aos palcos no mês de janeiroMegadeth
Banda voltará aos palcos no mês de janeiro

David Ellefson: definido o repertório da Masterclass "Basstory"

Dave Mustaine: com excelente aparência em foto familiarDave Mustaine
Com excelente aparência em foto familiar

Megadeth: veja trailer de "Dwellers", filme da produtora de David EllefsonCanal Barbônico: Dave Mustaine e as suas maiores tretas (vídeo)

Dave Mustaine: existe uma música do Led Zeppelin que ele não suportaDave Mustaine
Existe uma música do Led Zeppelin que ele não suporta

David Ellefson: sem Mustaine no Metallica, não haveria MegadethDavid Ellefson
"sem Mustaine no Metallica, não haveria Megadeth"


Fotos de Infância: Red Hot Chili PeppersFotos de Infância
Red Hot Chili Peppers

IGN Music: os álbuns de Metal mais influentes segundo o siteIGN Music
Os álbuns de Metal mais influentes segundo o site


Sobre Daniel Molina

Nascido em 79, professor de inglês e tradutor. Conheci o metal e suas várias vertentes através de um amigo do meu irmão no final dos 80, onde em 89 acabei me deparando com Megadeth dentre os vinis que estava ouvindo e foi amor à primeira ouvida, uma paixão que dura 20 anos. Apaixonado por thrash metal, especialmente Bay Area e East Coast mas também aficcionado por NWOBHM, Hard e Death. Com o passar do tempo percebi que o rótulo é o que menos importa e sim o tipo de música que nos agrada, mas apesar de tudo, thrash sempre acima de tudo. Já trabalhei com vários sites, cobrindo shows e fazendo entrevistas mas sempre tocando a Rust In Page por amor ao Megadeth, e hoje além de dedicação total ao meu trabalho salvo bastante do meu tempo para manter a página rolando firme e forte e mantendo os Droogies brazucas informados.

Mais informações sobre Daniel Molina

Mais matérias de Daniel Molina no Whiplash.Net.

adGoo336