RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de “Gita”

imagemA opinião de Humberto Gessinger sobre movimentos separatistas da região Sul do Brasil

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemDavid Gilmour largou vício maléfico após ouvir erro em disco do Pink Floyd

imagemDave Mustaine diz que atual formação do Megadeth é mais bem-sucedida em anos

imagemPróximo do Angra contará com Fernanda Lira, Mayara Puertas, Karina Menascé e Angel Sberse

imagemComo Brian May acabou fazendo participação especial em disco dos Paralamas do Sucesso?

imagemCinco ícones do heavy metal que morreram de forma trágica

imagemRoger Waters ataca a Ucrânia e é ofendido por esposa de David Gilmour

imagemAs 5 bandas confirmadas no Summer Breeze Brasil que não tocarão em outras cidades

imagemNervosa anuncia que próximo disco de estúdio está gravado

imagemMick Taylor sobre Rolling Stones: "Não conseguia acreditar como eles soavam mal"

imagem"Patinho feio", Gene Simmons diz que não tem amigos

imagemO recado de Felipe Andreoli para fãs que esperam novo "Rebirth" ou "Temple of Shadows"


Stamp

Dave Mustaine: dinheiro, mulher e drogas arruinaram todas as bandas

Por Fernando Portelada
Fonte: Blabbermouth
Postado em 25 de fevereiro de 2015

O frontman do MEGADETH, Dave Mustaine, foi entrevistado por Dave e Herb no episódio 199 do Pensado’s Place. Trechos dessa conversa estão disponíveis abaixo.

Sobre seu processo de composição:

Mustaine: "Normalmente, quando eu vou escrever algo, eu tenho que estar inspirado por alguma coisa. E normalmente alguém me irrita e eu pego minha guitarra e eu começo a tocar. Por exemplo, a música ‘Reckoning Day’, eu estava dirigindo meu conversível em Phoenix – nós tínhamos acabado de nos mudar. Eu não sabia o que era uma monção e fui pego em uma. E lá estava dois dedos de água no chão do meu carro, e eu comecei a bater em minha guitarra com isso em mente. Eu acho que, quando você está feliz ou mesmo triste, se você está sozinho ou com um milhão de pessoas, você transfere emoções para sua guitarra. Ela me ajudou a dizer cosias que eu não posso dizer com minha boca. [...]"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre o atual estado do metal e do rock

Mustaine: "Algumas músicas, eu acho, são bem excitantes. Eu acho que o metal está sendo levado ao limite agora, mas quando ele chega a um ponto onde é muito extremo, você tem que pensar, você sabe, as pessoas estão entendendo o que você está dizendo? As pessoas podem diferenciar as notas? É uma música ou soa como um compactador de lixo? Para mim, estou animado com o que está acontecendo com a música, estou animado com o que está acontecendo com a tecnologia. Acho que a parte ruim é que muitas pessoas que não deveriam estar em uma banda e aí fora na estrada, estão lá fora, entupindo as ruas... Há muita bandas pré-prontas, eles escrevem uma nota e então cortam e colam, cortam e colam, e fazem a música inteira assim. Há toneladas de bandas assim – muitas já são platina agora – e fizeram isso. Gosto de tocar do começo ao fim. Se você erra, faça novamente, não tente usar o computador. Mas isso é o que muita da tecnologia fez para as pessoas. Em certas circunstâncias você não tem tempo para fazer isso, como quando você só tem uma sessão e está trabalhando para um programa de TV, ei, não importa se o ritmo é terrível, não importa se você está fazendo solos como Rick Springfield. Você tem que fazer seu trabalho. Nessas circunstâncias, a música fica em segundo lugar. Mas quando a música é seu objetivo principal, você tem que realmente prestar atenção nela. Quanto mais genuína ela for, melhor você dorme a noite."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre manter as bandas unidas:

"Eu acho que quando você está em uma banda, você meio que pensa que todos estão usando o mesmo uniforme e estão todos no mesmo time, mas algumas vezes, você sabe, caras na banda, eles conhecem a ‘pessoa certa’, e eles chegam na banda e é como ‘This Is Spinal Tap’. Acho que se você olhar para a história, drogas dinheiro ou mulheres arruinaram todas as bandas que já existiram... Mas para mim, eu acho que a melhor coisa é ser honesto com as pessoas com quem você está tocando. Eu acho que tivemos tantas mudanças de formação com o passar dos anos porque as pessoas mudaram de ideia sobre o que queriam que o MEGADETH fosse. E o MEGADETH está aqui [apontando para sua cabeça], não lá fora [apontando para o céu], então quando outras pessoas tentam mudar, tenho a cabeça aberta em relação a isso, mas se não for MEGADETH, não é o certo. E algumas vezes nós tivemos problemas pessoais. Muitas separações foram por causa das drogas, porque por um longo período da banda, todos tiveram sua própria droga, porque era assim que as coisas eram. A coisa mais difícil em um problema com drogas é ter dinheiro, porque as drogas não são somente os problemas. Você sempre está lidando com isso, e aquilo, e pessoas tentando levar drogas para dentro de outro país, e nós simplesmente dissemos: ‘Quer saber? Vocês estão fora’, e começamos de novo. David Ellefson [baixista] está sóbrio há quase 25 anos."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para a entrevista completa, em inglês, visite:

http://www.blabbermouth.net/news/megadeths-dave-mustaine-drugs-money-or-women-have-ruined-every-band-in-existence/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2

Kerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.
Mais matérias de Fernando Portelada.