Gibson: Estou apaixonado(a)... por minha guitarra!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Giovanni G. Melo, Fonte: Gibson.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Foi amor a primeira vista. Primeiro, o visual chamou sua atenção. Então você percebeu que havia um algo mais. E assim que ambos se conheceram, não houve mais dúvidas: aquilo era único.

2784 acessosGuns N' Roses: Billy Gibbons sobe ao palco com a banda5000 acessosNME: elegendo os 10 melhores frontmen do Heavy Metal

É oficial: você está apaixonado(a) por sua guitarra!

Em homenagem ao dia dos namorados [celebrado em 14 de fevereiro nos Estados Unidos], aqui estão alguns guitarristas professando seu amor por suas guitarras Gibson.

Slash tem um relacionamento de longa data com a guitarra Les Paul, como disse ao Gibson.com:

"Passei por um período errando e acertando com um monte de guitarras diferentes, mas em poucos anos me acertei com a Les Paul. Desde então ela sempre está comigo. Tenho outras guitarras, e gosto muito delas, mas me sinto em casa com uma Les Paul. É interessante: na maioria das vezes eu até prefiro fazer uma Les Paul fazer as coisas que outras guitarras já fazem."

Uma guitarra Explorer faz parte da identidade de Lzzy Hale do HALESTORM, com ela disse ao Gibson.com:

"Antes da [empresa] Gibson se aproximar de mim, eu já tocava Gibsons há muito tempo. Tenho um monte de guitarras Gibson. Provavelmente mais do que mereço. Originalmente escolhi a Explorer porque ela se destaca. A razão pela qual comecei a tocar guitarra era para me destacar do que eu fazia. Minha guitarra assinada (a Edição Limitada da Explorer de Lzzy Hale) é um ótimo instrumento, mas uma guitarra Gibson vai além disso. É estilo de vida e aparência. É permanente, parte da minha identidade. E tudo é parte de estar em uma banda de Rock n´Roll."

Jason Hook do FIVE FINGER DEATH PUNCH sobre seu modelo assinado, a Jason Hook M-4 Sherman, falando ao Gibson.com:

"Oh, eu adoro ela! Recentemente a Gibson me fez uma vermelha para a turnê. A cor típica da minha guitarra é branca com listras verdes, e desta vez quisemos um tema com cor vermelha. Então falei com eles e eles me fizeram uma vermelha. Maravilhosa. Tenho muitas fotos dela no Instagram (http://instagram.com/jasonhook_5fdp)."

Joe Perry sobre o sua "guitarra santo Graal", falando ao Gibson.com:

"Ainda estou procurando uma '68 Goldtop. A primeira Les Paul que comprei foi uma '68 Goldtop. Hoje é um modelo de Les Paul bastante procurado, mas só paguei 300 ou 400 dólares por ela na época. Eu adoraria ter essa guitarra de novo. Tenho algumas Goldtops que ficam sempre à mão, mas essa em particular é única. Um dos rumores diz que quando eles pararam de fazer Les Pauls em '60 ou '61 e depois voltaram a fabricá-la novamente em '68, a Gibson usou um monte de peças que sobraram [de '61]. Se isso for verdade, muitas daquelas peças de madeira que estavam encostadas na fábrica foram usadas."

Wayne Sermon da banda IMAGINE DRAGONS sobre seu amor pelo J-45, falando ao Gibson.com:

"O modelo J-45, provavelmente, está em nossos álbuns mais do que qualquer outro violão. Eu toco ele ao vivo, mas também uso o tempo todo em estúdio, porque soa muito bem. Tem um som bastante identificável. Mais do que qualquer outro violão, posso ouvir um disco e dizer se é ou não é um J-45 que estou ouvindo. O J-45 e o Honk Tonk Deuce foram praticamente os únicas acústicos que eu tinha no estúdio."

Rob Krieger do THE DOORS sobre sua amada Gibson SG, falando ao Gibson.com:

"Uso meu modelo SG assinado para quase tudo, tanto ao vivo quanto em estúdio. É uma cópia exata da SG '67 que você me vê segurando na contra capa do disco. Nos velhos tempos também usei uma Les Paul em algumas ocasiões..."


Nick Hexum sobre suas Gibsons favoritas, falando ao Gibson.com:

"Tantas Gibsons na minha coleção! Às vezes achei que precisaria de um tratamento para me impedir de procurar o próximo corpo oco perfeito. Tenho uma 1961 ES-330, uma 1970 ES-335, duas ES-355s mais novas e outra ES-335 mais recente. Todas têm vibrato Bigsby. As guitarras Vintage deixei guardadas e as mais novas foram modificadas."

Miranda Lambert sobre seu amor pelas Gibsons acústicas, falando ao Gibson.com:

"Sempre toquei as acústicas Hummingbirds, modelos da Sheryl Crow e Deluxes. Das elétricas toquei Epiphone Wildkats durante muito tempo, mas no ano passado a Gibson me construiu duas belas guitarras elétricas - a Gibson 339 rosa e uma Les Paul Junior preta personalizada."

Richie Faulkner do JUDAS PRIEST sobre como ele começou a amar as guitarras Gibson, falando ao Gibson.com:

"Comecei a tocar no entorno de Londres, em bares e clubes e só empunhava Les Pauls. Era pesada e tinha algo diferente e todo aquele tipo de coisa. Era o que eu precisava para o que queria fazer. Estávamos tocando PRIEST, SABBATH, MAIDEN e Hendrix e a guitarra parecia ter a versatilidade e o peso que eu precisava. Tenho três Les Paul e três Flying V. Sou um grande fã da Gibson!"

Fotos por Anne Erickson

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Guns N RosesGuns N' Roses
Billy Gibbons, do ZZ Top, sobe ao palco com a banda

2156 acessosDownload Festival: A7X, Ozzy e Guns serão headliners da edição 2018135 acessosEm 10/11/1972: Nasce Dj Ashba (Guns N' Roses, Sixx AM)317 acessosEm 23/03/2004: Guns N' Roses lança a coletânea Greatest Hits0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Axl RoseAxl Rose
As 10 melhores participações especiais da história

Os poderosos chefõesOs poderosos chefões
Roberto Justus que se cuide

SlashSlash
"Demorou para eu me aceitar como alguém influente!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slash"0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"0 acessosTodas as matérias sobre "Halestorm"0 acessosTodas as matérias sobre "Aerosmith"0 acessosTodas as matérias sobre "Doors"0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"


NMENME
Elegendo os 10 melhores frontmen do Heavy Metal

TúmulosTúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos nos EUA

A década perdida?A década perdida?
Rock Brasileiro da Década de 70

5000 acessosKiss: 15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famosos5000 acessosStrip-Tease: algumas canções que combinam com o tema5000 acessosIron Maiden: Bruce diz não haver muito diálogo na banda5000 acessosVan Halen: o que deu errado na reunião com Hagar em 2004?5000 acessosAlter Bridge: Análise vocal de Myles Kennedy5000 acessosBeatles: tocando "Stairway To Heaven" no YouTube?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 17 de fevereiro de 2015


Sobre Paulo Giovanni G. Melo

Mineiro de Belo Horizonte. Fã de Hard Rock e Heavy Metal, especialmente a partir dos anos 80, não dispensa um disco ao vivo destes estilos. Entre várias de suas bandas preferidas estão Ratt, Aerosmith, Buckcherry, The Cult, Whitesnake, Whitecross, Guns N´ Roses e Motley Crue.

Mais matérias de Paulo Giovanni G. Melo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online