Lemmy Kilmister: "Estou pronto para morrer. Minha vida foi boa"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Testa, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em uma entrevista de abril de 2015, o frontman do MOTÖRHEAD, Lemmy Kilmister, falou sobre suas mudanças de hábito nos últimos anos depois de passar a usar um marcapasso por conta de problemas no coração e um encontro com a morte em sua última cirurgia.

Motörhead: dueto inédito entre Lemmy e Lynda Kay é lançadoEvanescence: estranha criatura em foto de Amy Lee com seu filho

"Eu havia parado de fumar há dois anos, mas voltei", ele disse. "Mas estou fumando apenas um maço por semana, diferentemente dos dois maços por dia que eu fumava. Também parei de beber Coca-Cola. Não bebo Coca a dois anos porque acho que eles são cruéis. Tem umas dez colheres de açúcar em uma lata de Coca, e eu tenho diabete."

Perguntado se foi difícil largar a Coca-Cola, Lemmy disse: "Oh, eu bebo vodka com laranja agora."

Lemmy, em 2013, sofreu um hematoma e teve que cancelar vários shows em festivais europeus.

A lenda contou que não esperava que alcançasse os 30 anos.

"Não tenho arrependimentos," ele disse. "Lamentações são inúteis. É tarde para lamentar. Você já fez o que tinha que fazer, né? Você viveu sua vida. Não existe razão para desejar qualquer mudança.
Existem algumas coisas que eu poderia fazer de forma diferente, mas, no geral, nada faria tanta diferença.

Estou bem feliz com a maneira com que as coisas aconteceram. Eu gosto de pensar que eu trouxe alegria para várias pessoas ao redor do mundo. Sou verdadeiro comigo mesmo e fiel à minha gente."

Perguntado se sua doença em 2013 fez ele ter mais cuidado com sua saúde, Lemmy disse: "A morte é inevitável, não é? Você fica cada vez mais propenso à ela quando atinge a minha idade. Não me preocupo com isso. Estou pronto para morrer. Quando eu for, quero ir fazendo o que eu faço melhor. Se eu morrer amanhã, não posso reclamar. Minha vida foi boa."

Atualização: Lemmy infelizmente morreria no final de 2015.

Por que destacamos matérias antigas?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Motorhead"Todas as matérias sobre "Lemmy Kilmister"


Motörhead: dueto inédito entre Lemmy e Lynda Kay é lançadoMotörhead
Dueto inédito entre Lemmy e Lynda Kay é lançado

Chris Fehn: ex-Slipknot toca em música nova de ex-MotorheadChris Fehn
Ex-Slipknot toca em música nova de ex-Motorhead

Os anos do Heavy Metal: A decadência e a renovação do estiloMotörhead: raro vídeo ao vivo de "Bomber", de 1979, é lançado

Vocais: quinze vozes feias que se tornaram marcantes no RockVocais
Quinze "vozes feias" que se tornaram marcantes no Rock

Motörhead: Overkill e Bomber em edições comemorativas

Motörhead: sem eles não existiria Metallica ou GunsMotörhead
"sem eles não existiria Metallica ou Guns"

Motorhead: a opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhiceMotorhead
A opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhice

Geezer Butler: Lemmy foi o cara mais inteligente que eu conheciGeezer Butler
Lemmy foi o cara mais inteligente que eu conheci


Evanescence: estranha criatura em foto de Amy Lee com seu filhoEvanescence
Estranha criatura em foto de Amy Lee com seu filho

Bruce Dickinson: O Iron Maiden é melhor que o MetallicaBruce Dickinson
"O Iron Maiden é melhor que o Metallica"

Saúde: bater cabeça pode causar danos ao cérebroSaúde
Bater cabeça pode causar danos ao cérebro

Porn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitáriosBizarro & Absurdo: 12 Tristes Realidades da MúsicaKim Kardashian: usando camiseta do Metallica de dois mil dólares?John Lennon: Julian Lennon revela ódio pelo próprio pai

Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336