Cinco anos sem Dio: Corey Taylor e as lembranças de Ronnie

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Loudwire, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/05/15. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O Loudwire está produzindo uma série de entrevistas com músicos do rock para lembrar o quinto aniversário da morte de Ronnie James Dio, o lendário vocalista que ajudou a moldar o estilo que tanto amamos. No clipe abaixo você vê Corey Taylor, vocalista do SLIPKNOT e STONE SOUR, falar um pouco sobre o mestre Dio, com transcrição exclusiva para o Whiplash.net.

1139 acessosCanal NB: Slipknot tocando "Amor de Chocolate" do Naldo Benny5000 acessosSepultura: "Vejo os caras tocando e não tem a mesma pegada"

“Sabe, Ronnie era um desses caras que fazia tudo parecer tão fácil. Fazia você ter ódio. Um pouquinho. Ele basicamente fazia ‘Ahhh’ [afinando a voz] e estava pronto. E ele entrava no palco e era mágico, todas as noites. Ele é uma das pessoas mais legais, calorosas, engraçadas e incríveis do planeta. Eu tive o prazer de encontra-lo algumas vezes. Eu fiz parte de uma de suas últimas entrevistas. E ele foi tão gracioso e tão respeitoso. Ele estava lutando, mas ele estava pronto e quando ele faleceu eu fiquei de coração partido, mas, você, sabe, ainda temos sua música. E eu me inspiro em pessoas assim. Eu olho para trás e vejo o quão gracioso ele era e o quão legal ele era e falo: ‘Se Ronnie James Dio pode ser assim, por que eu não posso ser assim?’ E eu não gosto de pessoas que tentam se colocar mais alto do que outras, porque isso é tudo uma grande família. Você acha que é melhor do que eu? Não há razão para isso. Ronnie James Dio era uma lenda. E se ele pode sair de seu caminho para fazer as pessoas se sentirem melhor, então, não há razão para que você não o faça [...].”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Lacuna Coil e SlipknotLacuna Coil e Slipknot
Cristina Scabbia e Jim Root se separam depois de 13 anos

1139 acessosCanal NB: Slipknot tocando "Amor de Chocolate" do Naldo Benny1028 acessosSlipknot: em vídeo, oito curiosidades que você não sabia0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slipknot"

SlipknotSlipknot
As participações na trilha sonora de filmes

ObituaryObituary
Os caras do Slipknot tem todos os discos deles

Corey TaylorCorey Taylor
"Rick Rubin é superestimado, supervalorizado"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slipknot"0 acessosTodas as matérias sobre "Stone Sour"0 acessosTodas as matérias sobre "Dio"0 acessosTodas as matérias sobre "Corey Taylor"


SepulturaSepultura
"Vejo os caras tocando e não tem a mesma pegada"

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1986

Músicas ruinsMúsicas ruins
As 100 piores segundo o Aol Radio Blog

5000 acessosAngra: Kiko Loureiro demite empresário ao estilo Roberto Justus5000 acessosThe Voice Kids: até Brian May ficou impressionado com brasileiro5000 acessosTirando a poeira do tímpano: 20 novas bandas de rock pra curtir5000 acessosAngra: matéria antiga e equivocada para a TV Globo5000 acessosLars Ulrich: "Quem são essas outras bandas para nos criticarem?"5000 acessosMetallica: gosto musical impediu que se tornassem um Maiden

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 15 de maio de 2015


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.