Iron Maiden: fãs vão aos shows pelas músicas novas, não as antigas, diz Bruce

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Daily-rock.com, Tradução
Enviar Correções  

Em entrevista ao Daily-Rock.com, onde Bruce Dickinson fala sobre o novo álbum do Iron Maiden, "The Book Of Souls", o vocalista comenta a sonoridade da banda e a indústria fonográfica atual, confira abaixo os dois trechos:

Astros do rock: o patrimônio líquido de cada um

Chinese Democracy: de 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Atualmente muitas bandas de metal competem entre si para ter o som mais agressivo e pesado possível, mas vocês não tem receio de manter uma sonoridade vintage! Já pensaram em fazer algo um pouco mais agressivo, algo próximo do que você fez em seus discos solo?

Bruce: Você sabe, o Maiden possui uma identidade musical muito forte, e sendo assim, por qual motivo deveríamos mudar para soar igual a outros grupos?

A indústria fonográfica está em um dos patamares mais baixos de sua história, então continua sendo importante lançar novos álbuns? Como artistas e músicos, vocês ainda se sentem motivados a compor músicas novas?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bruce: É muito importante compor material novo. Sem ele, nós seríamos uma espécie de "banda cover do Iron Maiden" ou uma "banda de karaokê" de nosso próprio material, impedidos de tocar coisas novas. Obviamente poderíamos trabalhar sempre com os grandes sucessos, mas por qual motivo os fãs viriam aos nossos shows se não ouvissem nada de novo? Eles seguiriam uma banda cover! O motivo pelo qual o público se interessa num grupo é por ele oferecer coisas novas.

A entrevista completa está no link abaixo.

http://www.daily-rock.com/iron-maiden-rien-narrete-la-vierge...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Astros do rock: o patrimônio líquido de cada umAstros do rock
O patrimônio líquido de cada um

Chinese Democracy: de 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da históriaChinese Democracy
De 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280