Igor Cavalera: "tocar bateria é sobre o aprendizado"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O Sound Protest conduziu uma entrevista com o ex-baterista do SEPULTURA, atual CAVALERA CONSPIRACY, Igor Cavalera, no Hellfest do verão passado, na França. Alguns trechos estão disponíveis abaixo:

Sobre o processo de composição para o CAVALERA CONSPIRACY:

"É bem fácil. Eu e Max [Cavalera. Guitarrista/vocalista] trocamos algumas ideias e então vamos para o estúdio e fazemos o álbum bem rápido. É bem diferente de tudo que já fizemos no passado, mas é muito divertido. É um processo bem rápido com o CAVALERA. Vamos ao estúdio e finalizamos tudo em menos de um mês - composição, gravação, tudo. Eu realmente gosto disso. Não gosto de ficar meses e meses no estúdio. Eu odeio isso. Mais do que tudo, você começa a arruinar sua música. Você fica pensando demais sobre a música."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se o CAVALERA CONSPIRACY é como reviver os primórdios do thrash metal:

"Tem um pouco dessa influência. Claro que é um tempo diferente, diferentes formas de fazer as coisas, mas tem um pouco dessa velha energia nas gravações. É isso que tentamos trazer."

Sobre sua abordagem na bateria:

"Eu continuo indo e voltando na forma como faço as coisas, porque para mim, bateria é sobre o aprendizado. Eu prendo todos os dias. Quando vejo uma nova banda, eu vejo o baterista e aprendo com isso. Tento sempre ir em frente, nunca parar e dizer: ´Ah, é assim que eu faço´. Sempre existe outra coisa a se adicionar na bateria. Como, eu tento incorporar algo das raízes, não brasileiras, mas africanas... todos os tipos de coisas que você pode fazer com o metal. É isso que eu gosto de fazer."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Roadrunner: os álbuns mais desprezados de todos os temposRoadrunner
Os álbuns mais desprezados de todos os tempos

Hard Rock e Heavy Metal: Os 10 videos mais toscos sem quererHard Rock e Heavy Metal
Os 10 videos mais toscos "sem querer"


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336 CliIL Goo336 Goo336