Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemÁlbum histórico do Iron Maiden estampa capa da revista Metal Hammer

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977


João Gordo: Comentando como se livrou do crack em entrevista

Por João Paulo Andrade
Em 18/12/15

Em entrevista a Rafinha Bastos no canal 8 Minutos do YouTube, João Gordo conta como as drogas quase acabaram com ele e com a banda Ratos de Porão.

"Eu experimentei as melhores [drogas]. Eu já quase fui viciado em heroína. Quase. Essa é perigosa. E crack. Crack é pior. A primeira vez você fala, 'Caralho, que bom!'. Mas o bagulho é viciante. Você fica compulsivamente fumando. Aí depois de uma semana você tá fudido, vai morar na cracolândia que é lá que você quer ficar. Tem todo esse link de dormir no cocô. Eu só não fiquei viciado porque umas amigas me resgataram de lá e os dois caras da minha banda ficaram, o guitarrista e o baixista ficaram viciados uns anos e a banda quase acabou por causa disso. Mas isso foi nos anos 90, 1992, muito tempo atrás."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assista a entrevista completa no vídeo abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Krisiun e Ratos de Porão são atrações do Circle Of Infinity Fest, em Limeira




Sobre João Paulo Andrade

Sempre quis viver de Rock e/ou Heavy Metal. Tentou tocar baixo mas era tremendamente incompetente no instrumento. Em 1996 criou o site Whiplash.Net e hoje vive do seu sonho. :-)

Mais matérias de João Paulo Andrade.