Lita Ford: cantora admite suruba com Bon Jovi e Richie Sambora

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Poucas mulheres viveram o estilo de vida tipicamente hedonista do rock tão ousadamente como LITA FORD.

Quando Ford gravou seu álbum 'Dancin' On The Edge' [1984] em Nova Iorque, Jon Bon Jovi e Richie Sambora estavam gravando por perto e passavam por lá com frequência.

publicidade

Depois de uma noite na casa noturna Traxx – com a melhor amiga de Ford, Toni e o tecladista Aldo Nova também no meio – Ford levou todo mundo para seu quarto no Broadway Plaza Hotel.

Lita e Bon Jovi estavam se pegando em uma cama e Sambora e Toni em outra, enquanto Nova "assistia, bebendo vinho tinto, enquanto tentávamos encaixá-la no meio também".

publicidade

O vinho afetou Bon Jovi, que "começou a vomitar no canto do quarto, bem em cima do carpete da suíte".

Naquela altura, Toni teve um ataque de generosidade. "Toni saiu de cima de Richie", escreve Ford, "tipo dizendo, 'Aqui, Lita, prova o meu'. Então eu fui pra cama com Richie."

O quarto então virou uma cena do filme 'Calígula'.

"Puta que o pariu", escreve Lita em seu livro de memórias, 'Living Like a Runaway' [ainda sem título em português]. 'Richie Sambora é o rei do swing, eu devo dizer. Jon recuperou-se do vômito e entrou no meio da festa, e virou uma farra de mulher com homem no Broadway Plaza Hotel.'

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: se as bandas de metal mandassem no mundo...Iron Maiden
"se as bandas de metal mandassem no mundo..."

Fotos de Infância: Joey Jordison e Corey Taylor, do SlipknotFotos de Infância
Joey Jordison e Corey Taylor, do Slipknot


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin