Arch Enemy: "Nós músicos não gostamos de rótulos" afirma Amott

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Oscar Xavier, Fonte: Wikimetal, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 24/04/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em novembro de 2012, o guitarrista Michael Amott, mente criativa por trás da banda ARCH ENEMY, declarou que não classifica a banda como melodic death metal. Confira um trecho da entrevista.

12 acessosGuitarristas: em vídeo, o Top Ten do Metal Moderno5000 acessosSlash: "Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor

Wikimetal: "Todo mundo sabe que o Arch Enemy tem um som muito original, como você descreveria sua música para alguém que nunca tenha ouvido falar da banda? Existe uma maneira para rotular o som do Arch Enemy?"

Michael Amott: "Bem, você sabe, nós músicos não gostamos de rótulos, correto? [...] Acho que a música do Arch Enemy, a ideia que eu tinha quando comecei a banda, foi a de criar o projeto mais impressionante e perfeito que poderia combinar a música extrema, este peso, quero dizer do thrash e death, combinado com o trabalho de guitarra melódica do hard rock clássico e heavy metal clássico. E você sabe, ter essas duas coisas, algo muito rápido, bateria intensa, riffs pesados, vocais extremos, mas depois têm as harmonias dos solos de guitarra, com belas coisas realmente acontecendo. Eu só queria misturá-los, eu queria levar isso para o próximo nível com esta banda. E eu ainda estou tentando fazer isso, eu acho. Você sabe, ainda é o mesmo conceito que temos na banda, então, as vezes as pessoas rotulam o Arch Enemy. Somos chamados de death metal ou death metal melódico. Eu realmente não nos vejo nesse tipo de gênero, eu nos vejo mais como um 'hybrid metal', estamos apenas combinado várias coisas diferentes na nossa música. Mas somos definitivamente extremos, nós não somos a banda mais extrema no mundo, é claro, e nós não queremos ser. [...] Eu acho que somos algum tipo de metal extremo. É definitivamente metal."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 24 de abril de 2016


12 acessosGuitarristas: em vídeo, o Top Ten do Metal Moderno172 acessosEm 02/10/1996: Arch Enemy lança seu álbum debut Black Earth725 acessosDoyle e Alissa: Na capa da Vegan Health & Fitness Magazine2652 acessosMulheres que cantam Metal: estúdio/ao vivo, expectativa e realidade147 acessosEm 24/09/2007: Arch Enemy lança o álbum Rise Of The Tyrant1036 acessosArch Enemy: confira a música "First Day In Hell", do novo álbum0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Arch Enemy"

Ronnie James DioRonnie James Dio
"Um mestre de sua arte e um verdadeiro cavalheiro!"

Metal HammerMetal Hammer
As melhores músicas da história do Death Metal

DoyleDoyle
Alissa White-Gluz é a "Rainha Monstro do Metal"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Arch Enemy"0 acessosTodas as matérias sobre "Carcass"


SlashSlash
"Sweet Child é a coisa mais gay que alguém poderia compor"

BaixosBaixos
Como conservar e recuperar as cordas do instrumento

ManowarManowar
O dia em que a banda arregou pro Twisted Sister

5000 acessosDeath Metal: as 10 melhores (ou piores?) capas do estilo5000 acessosDave Mustaine: a história por trás de "The Four Horsemen"5000 acessosWonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e crítica4465 acessosClipes: 10 vídeos de rock/metal bem legais lançados em 20165000 acessosMegadeth: Mustaine feliz em apresentar Kiko Loureiro ao mundo5000 acessosCorey Taylor: estar no Slipknot significa ter muitos problemas

Sobre Oscar Xavier

Headbanger, ouviu Heavy Metal pela primeira vez aos 11 anos de idade, o disco "Brave New World" do Iron Maiden, desde então não parou mais. Atualmente suas bandas favoritas são Pantera, Slayer, Dissection e Satyricon.

Mais matérias de Oscar Xavier no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online