Slipknot: Joey Jordison acha que foi despedido de forma covarde

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Team Rock, Tradução
Enviar Correções  

Joey Jordison, ex-baterista do SLIPKNOT, lembra da dor que sentiu quando foi despedido por e-mail.

Ele acha que "não merecia" a forma "covarde" como foi despedido.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O músico foi despedido em 2013 e ele e a banda permaneceram em silêncio sobre essa demissão, mas na semana passada ele falou que foi diagnosticado com uma grave doença no seu sistema nervoso.

Ele não podia tocar bateria propriamente e em um momento teve que ser carregado para fora do palco do SLIPKNOT.

Em uma nova entrevista com a Metal Hammer, ele contou mais sobre sua condição e lembra de ter ficado muito sentido em ser despedido por um "estúpido e-mail".

Ele disse: "Nenhuma reunião da banda? Nada. Qualquer coisa dos agentes? Não. Nada mesmo. Tudo que recebi foi um e-mail idiota dizendo que eu estava fora da banda que teve todo meu esforço e uma vida inteira de trabalho."

"É exatamente o que aconteceu e foi sofrido. Eu não merecia isso após tudo que eu fiz e tudo que passamos."

"É tudo que eu queria dizer. O que eles fizeram foi muito covarde. Foi fodido."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: a famosa trilogia de clipes do grupoGuns N' Roses
A famosa trilogia de clipes do grupo

Humor: os dez maiores picaretas da música internacionalHumor
Os dez maiores picaretas da música internacional


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336 GooInArt Cli336