Tarja Turunen: lado sombrio pessoal serve de inspiração para a vocalista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Tarja Turunen explicou a inspiração para o título de seu novo trabalho de heavy rock, "The Shadow Self", que será lançado em 5 de agosto pela earMUSIC.

Runaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley

Motorhead: a gafe nazista de Lemmy em Nuremberg

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Li uma entrevista com a Annie Lennox (Eurythmics) onde ela fala sobre o lado obscuro que todos temos. Cada um de nós tem este lado sombrio, e devemos ser gratos por ele, especialmente nós que somos artistas, pois muito de nossa inspiração vêm deste nosso lado. Muitos autores e artistas em geral compõe músicas sombrias ou usam isto de alguma forma, provavelmente sem compreender de onde vêm esta vibração negativa".

Ela continua: "Há vários anos eu percebi que tenho este lado obscuro, embora ainda acredito ser uma pessoa positiva. Mas mesmo assim existe este lado que me faz compor e criar e afeta tudo o que faço. Eu acho que é uma escuridão bela.

"Então quando li esta entrevista da Annie, foi muito inspiradora. Ela fala de nosso lado negro, chamando-o de 'shadow self' ("lado sombrio pessoal"), e eu achei que era um grande título para o álbum. É daí que ele veio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Runaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim FowleyRunaways
Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley

Motorhead: a gafe nazista de Lemmy em NurembergMotorhead
A gafe nazista de Lemmy em Nuremberg


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280