Black Sabbath: ícones do metal nacional se despedem da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: UOL
Enviar Correções  

Matéria do UOL, assinada por Rodolfo Vicentini, coleta declarações de vários ícones do metal nacional sobre a despedida do Black Sabbath, que se apresenta hoje no Brasil pela última vez em sua carreira, com show a ser realizado em São Paulo. Veja abaixo alguns trechos.

ANDREAS KISSER (SEPULTURA):

O Black Sabbath é tudo, umas minhas bandas preferidas. É o gênesis do heavy metal, de temática, da sonoridade. Trouxe uma outra opção para o cenário musical. Sem o Sabbath não existiria Sepultura, Metallica ou Slayer. Tony Iommi é um ícone para mim, assim como Ritchie Blackmore, Jimi Hendrix e Jimmy Page. Foi principalmente Iommi que trouxe a distorção, só ouvir a introdução da música "Black Sabbath", que tem aquele riff assustador. Ele é um cara que até hoje é um símbolo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ANDRE MATOS (ANGRA/SHAMAN/SOLO):

Eu comecei a escutar Ozzy Osbourne quando saiu o "Blizzard Of Oz", e daí, eu vim a descobrir o que foi o Black Sabbath. Mais tarde, a banda se tornou uma das minhas maiores influências. Eu acredito que o Tony Iommi é um gênio do riff da guitarra, acredito que é uma banda que conseguia tirar um som, ao mesmo tempo, extremamente pesado e, em contra partida, quase psicodélico, se você for analisar os discos do Black Sabbath a fundo, então isso acabou me influenciando em termos de composição e entrando no hall das minhas bandas prediletas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

EDU FALASCHI (ANGRA/ALMAH):

Meu primeiro LP foi o "Born Again". O Ian Gillan arrepiou nesse disco. E o segundo foi "Mob Rules" [com o vocalista Ronnie James Dio]. Os 2 primeiros discos que eu tive do Sabbath não foram com o Ozzy. Depois fui ouvir as outras coisas. Eu prefiro o Ozzy na carreira solo

RAFAEL BITTENCOURT (ANGRA):

O Black Sabbath é o grande inventor do heavy metal. O rock pesado já existia. Ele começou a tomar caminho mais pesados com o Led Zeppelin e o Deep Purple. Mas o Sabbath definiu o estilo. Foi ele quem misturou os temas mais sombrios enquanto todos estavam no psicodelismo. Os riffs do Tony, o jeito de tocar, o power chord, tudo isso foi definindo o heavy metal. Eles foram os grandes inventores do metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Veja no link abaixo o depoimento completo de cada um dos músicos acima, e também as declarações de Caio MacBeserra (Project 46), Marcello Pompeu (Korzus), Felipe Machado (Viper/FM Solo), Ricardo Confessori (Angra/Shaman) e Thiago Bianchi (Noturnall/Arena/Shaman):

http://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2016/12/04/icones-...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Comente: E para você, qual a importância de Ozzy, Iommi e Geezer na sua história?




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Avenged Sevenfold: The Rev dizia que não passaria dos 30Avenged Sevenfold
The Rev dizia que não passaria dos 30

Corey Taylor: não comprem a playboy da Lindsay LohanCorey Taylor
"não comprem a playboy da Lindsay Lohan"


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336 Goo336