Regis Tadeu: Pink Floyd mostra que raiva é energia com "Animals"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: Regis Tadeu
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 29/01/17. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Regis Tadeu falou em matéria do Yahoo! sobre como há 40 anos o Pink Floyd mostrou, à sua maneira, que raiva é energia com o injustiçado e sublime "Animals", confira o texto completo no link abaixo.

586 acessosRock Progressivo: a história completa em livro que chega em dezembro5000 acessosBandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco

https://br.noticias.yahoo.com/ha-40-anos-o-pink-floyd-mostro...

O impacto já começava pela capa, uma das mais espetaculares da história do rock, a ponto de ter se tornado tão icônica quanto a de tantas outras que lembramos imediatamente dentro da discografia dos Beatles, Rolling Stones, Black Sabbath, Led Zeppelin e de quem mais você imaginar. Não havia o nome da banda, muito menos o título do álbum. Nem precisava. Sabíamos – não me pergunte como! – que estávamos diante de um novo álbum do Pink Floyd.

O singelo violão na faixa de abertura, “Pigs on the Wing (part 1)”, e no início dos mais de dezessete minutos da faixa seguinte, “Dogs” nos dava a impressão que o clima acústico da canção “Wish You Were Here”, que batizou o álbum anterior, lançado dois anos antes, seria o fio condutor do disco. Ledo engano. A partir do momento em que a bateria de Nick Mason entrava, mesmo que com a delicadeza de sempre, já dava para notar que a atmosfera seria muito diferente da previsível. Tal impressão era sacramentada pelos primeiros dos espetaculares solos que David Gilmour espalhou ao longo da canção. Com as letras nas mãos, então, tudo era mergulhado em um poço de raiva melodiosa e explícita ao mesmo tempo. A alternância de climas, os latidos de cães, a atmosfera sombria conduzida pelo piano elétrico e demais teclados de Rick Wright e a voz repleta de ironia de Roger Waters… Tudo ser transformava em um pesadelo etéreo e sombrio ao mesmo tempo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Roger WatersRoger Waters
Placa de aviso para não barrarem o músico no backstage

586 acessosRock Progressivo: a história completa em livro que chega em dezembro1008 acessosDavid Gilmour: nos cinemas nas ruínas de Pompeia2567 acessosDavid Gilmour: veja trecho de "Wish You Were Here", de novo DVD0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Pink Floyd"

MilionáriosMilionários
Os músicos mais ricos do Reino Unido

Metallica e Pink FloydMetallica e Pink Floyd
Entre os preferidos da bandidagem

VinilVinil
Os dez discos mais vendidos no Reino Unido em 2014

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Regis Tadeu"0 acessosTodas as matérias sobre "Pink Floyd"

Bandas NovasBandas Novas
10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco

HeadbangersHeadbangers
O preconceito mostrado em vídeo bem-humorado

Capas de álbunsCapas de álbuns
30 das piores artes da história

5000 acessosBruce Dickinson: "O Iron Maiden é melhor que o Metallica"5000 acessosMarilyn Manson: vocalista revela suas estranhas fobias sexuais5000 acessosIron Maiden: veja Bruce abandonando o palco em 19995000 acessos"Falou!": 5 músicos que já foram embora de seus shows5000 acessosOrtografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?5000 acessosJourney: música da banda eleita a melhor para se ouvir dirigindo

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online