Igor Cavalera: Max e eu acreditamos que o Sepultura não faz mais sentido

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Pablo Bruno de Paula dos Santos, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em entrevista ao The Salt Lake Tribune, Igor Cavalera foi questionado sobre sua relação, hoje, com os membros do Sepultura, mais de dez anos após a saída do grupo. O baterista, que anda celebrando — junto de seu irmão (vocalista original e criador do Sepultura), Max Cavalera, o vigésimo aniversário do clássico álbum "Roots".

5000 acessosSepultura: irmãos Cavalera proíbem músicas no documentário5000 acessosSeparados no nascimento: James Hetfield e Mano Menezes

"É negativo, porque, de certo modo, eu e Max acreditamos que o Sepultura não faz mais sentido de acordo com o que estão fazendo, e com isso vem muita raiva da parte deles.

Mas, apesar de tudo, nós não nos importamos. Isto é o que fazemos. E nós estamos muito felizes com o que temos por direito agora. Eu sei de muitos fãs que gostam disso vindo nos ver. Eu não sei, a vida é tão curta para ficar com raiva e brigar e fazer todas essas coisas. Então eu realmente não me importo com o que eles fazem ou não", disse Igor.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

SepulturaSepultura
Irmãos Cavalera proíbem músicas no documentário

756 acessosFilhos: músicos de peso falam sobre como influenciam suas vidas916 acessosSepultura: mais datas e trailer da turnê europeia0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sepultura"

SepulturaSepultura
A participação no Jô Soares em 1989

PorradaPorrada
Músicos que praticam ou já praticaram algum tipo de arte marcial

Max CavaleraMax Cavalera
O Sepultura nunca fez merdas como o Metallica

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 23 de fevereiro de 2017

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
James Hetfield e Mano Menezes

Bon JoviBon Jovi
Larissa Riquelme dança música com os seios de fora

Robert TrujilloRobert Trujillo
A diferença entre tocar com o Metallica e com Ozzy

5000 acessosBruce Dickinson: confirmando que o HPV foi causador do seu câncer5000 acessosRaul Seixas: Em carta psicografada, o alerta sobre a Sociedade Alternativa e as drogas?5000 acessosIron Maiden: uma curiosa versão de "Aces High" em português5000 acessosMichael Anthony: "meu último nome não é Van Halen"5000 acessosPhil Anselmo: flagrado pedindo a benção ao Papa5000 acessosAlter Bridge: como foi o fim do Creed e o início da nova banda

Sobre Pablo Bruno de Paula dos Santos

Pablo Santos é um escritor especialista em mídias sociais. Iniciou a primeira fonte brasileira sobre "A Series of Unfortunate Events", o Desventuras em Série Brasil, reconhecida por Daniel Handler, Companhia das Letras e Editora Seguinte. Produz artigos e entrevistas como colaborador para revistas e websites.

Mais matérias de Pablo Bruno de Paula dos Santos no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online