Steve Grimmett: diabetes foi a causa. Leia primeira mensagem dele após amputação

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Facebook
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 10/02/17. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Steve Grimmett, vocalista do GRIM REAPER, que teve uma das pernas amputadas depois de passar mal em um show no Equador, enviou aos fãs a primeira mensagem depois das três operações a que teve de ser submetido. Grimmett ainda está hospitalizado em Guaiaquil, no Equador e tem recebido cuidados de sua esposa, que é quem, até agora, estava enviando ao mundo notícias sobre sua saúde.

1143 acessosGrim Reaper: veja vídeo de 1° show após amputação de Grimmett5000 acessosGibson: as dez melhores composições épicas do rock

"Caras, estou totalmente inundado com todos os seus desejos de melhora e mensagens para ficar bem. Todos eles são muito bem-vindos e, por vezes, me levaram às lágrimas. Desculpe se eu não respondi suas mensagens mas eu tive tantas que é impossível acompanhar. Assim obrigado por isso. Eu me sinto muito sortudo por ter minha esposa, minha família, meus amigos e, por último, mas não menos importante, meus fãs. Eu realmente amo todos vocês. Como vocês podem imaginar que tem sido muito puxado para a Amelia e pra mim mesmo tudo o que está acontecendo, mas só quero garantir que eu não vou desistir e vou voltar ao palco logo que eu puder, sem uma cadeira de rodas ou muletas. E eu sei que tem um caminho difícil e doloroso pela frente.

Ok, apenas para que vocês saibam exatamente o que aconteceu, eu sou diabético, o que ferra com seu corpo em todos os tipos de formas. Uma das coisas que isso me fez foi o endurecimento das artérias da perna. Assim o fluxo sanguíneo nas minhas pernas não era muito bom e eu acabei pegando uma infecção na perna direita. A dor era insuportável e eu também estava começando a ter alucinações. Tinha tinha um médico me tratando no meu hotel antes do show em Guaiaquil e me ministrou um monte de analgésicos, mas a dor finalmente me pegou e tive que sentar por algumas das canções, mas eu não tinha terminado o set. Eu sentei com o nosso exército de fãs por uma hora após o show e, em seguida, o meu médico quis me levar para hospital. Em suma, tive 3 operações e eu perdi a minha perna três polegadas acima do joelho. A ferida está bem agora e voaremos para casa na quarta-feira, 15, chegando quinta-feira dia 16 no início da manhã direto para uma clínica de reabilitação para aprender a dar a volta por cima. Mais uma vez eu gostaria de agradecer a todos por seu apoio Eu amo todos vocês.
Tudo de bom
Steve Grimmett"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de fevereiro de 2017

1143 acessosGrim Reaper: veja vídeo de 1° show após amputação de Grimmett440 acessosGrim Reaper: o dia em que eles "purificaram o ar"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Grim Reaper"

Hall Of ShameHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal

Heavy MetalHeavy Metal
Discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 1

Steve GrimmettSteve Grimmett
O quinto colocado para substituir Bruce

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Grim Reaper"

GibsonGibson
As dez melhores composições épicas do rock

Capas polêmicasCapas polêmicas
Slayer, Megadeth, Dream Theater, Carcass...

MetallicaMetallica
Hetfield fala sobre Dave Mustaine, Load e homossexualidade

5000 acessosGibson: os 50 melhores covers da história do rock5000 acessosÁlbuns: Mike Portnoy revela os seus 10 favoritos5000 acessosLemmy: "Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!"4039 acessosMegadeth: "Gar Samuelson tornou Peace Sells um clássico"5000 acessosMotorhead: funeral de Lemmy está disponível na íntegra no Youtube5000 acessosGhost: Papa é acusado de tentar fazer banda virar carreira solo

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online