Metallica: James Hetfield comenta o uso de músicas da banda para tortura

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: Metallica Remains, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 04/03/17. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Segundo o The Guardian do Reino Unido, interrogadores americanos tentavam desorientar prisioneiros iraquianos usando músicas do Metallica e de outras bandas de rock como AC/DC, Rage Against The Machine e Nine Inch Nails, além de músicas menos agressivas e de certa forma surpreendentes como Britney Spears, David Gray, Eminem, Aerosmith, e até programas infantis como "Barney e seus amigos" e "Vila Sésamo".

2458 acessosJames Hetfield: as novas bandas que seus filhos lhe apresentam5000 acessosSeparados no nascimento: Alice Cooper e Emerson Fittipaldi

O frontman do Metallica, James Hetfield, foi perguntado em uma entrevista recente para a revista Thrasher se ele se sente ofendido pelo uso da CIA de músicas do Metallica para torturar prisioneiros. "Ha! Nós temos torturado pessoas com isso há muito tempo. Há bem mais tempo que a CIA", disse ele.

Ele continuou: "Eu não tenho nada a dizer sobre isso, na verdade. Me sinto orgulhoso de que meu país está usando algo para ajudar a nos manter a salvo. Mas, assim que a música é lançada, eu não tenho controle sobre isso. Assim como alguém está dando-a de graça online. Eles estão usando-a para fazer o que quiserem."

"Há várias bandas covers de Metallica, há várias pessoas tocando 'Enter Sandman' ou 'Nothing Else Matters' em estilo gregoriano, em estilo bluegrass ou harpas célticas e, sabe - a música está por aí e é usada, então é isso."

Perguntado sobre o comentário de Kerry King de que a música do Slayer "teria sido mais assustadora e talvez mais efetiva" na tortura psicológica de prisioneiros de guerra, Hetfield disse: "Eu concordo. Não tenho dúvidas disso, mas existem coisas até mais assustadoras do que o Slayer. Existem coisas bem loucas e intensas por aí."

Os últimos comentários de Hetfield condizem com aqueles que ele fez em 2008, quando foi perguntado por uma rede de TV alemã como ele se sentia sobre a música da banda ser usada para torturar prisioneiros de Guantánamo, Cuba. Ele respondeu na época: "Parte de mim está orgulhoso de que eles escolheram o Metallica... E uma parte de mim está meio chateado com isso, de que as pessoas possam achar que estamos ligados a alguma coisa política por conta disso."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

James HetfieldJames Hetfield
As novas bandas que seus filhos lhe apresentam

201 acessosMetallica: vídeo oficial de "The Memory Remains" em Dallas0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
Vídeo ao vivo de 1985 no canal oficial do YouTube

Mais capasMais capas
Agora feitas por crianças

Sounds EntertainmentSounds Entertainment
As melhores músicas do Heavy Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Alice Cooper e Emerson Fittipaldi

Rock in RioRock in Rio
Algumas das maiores vaias em edições nacionais

Morbid AngelMorbid Angel
"Banda satânica, eu jamais voltaria", diz Sandoval

5000 acessosSlash: chapação, a louca e atraente Fergie e Axl Rose5000 acessosRachel Sheherazade: cantando Iron Maiden com o Ultraje A Rigor no The Noite5000 acessosÁrvore Genealógica do Metal e do Rock5000 acessosLed Zeppelin: 10 músicas para ouvir quando estiver na fossa5000 acessosEnjaulados: Os crimes mais chocantes da história do rock5000 acessosIron Maiden: quinze canções que definem a banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 04 de março de 2017

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online