Slayer: Bostaph conta qual a música mais difícil de tocar ao vivo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Comentários  | 

Paul Bostaph contou para Santiago Bluguermann, da Radio Cantilo da Argentina, qual música do Slayer é mais difícil de ser tocada ao vivo: "o final de 'Jihad' é a mais difícil e fisicamente mais cansativa parte para se tocar ao vivo. O instinto me conduz quando estou tocando com meus colegas de banda, você quer que a coisa se torne natural, e quando se toca a mesma música muitas e muitas vezes você acaba caindo no piloto automático e começa a devanear, é aí que acontecem os erros".

3283 acessosMetal Hammer: As 22 melhores músicas old-school do Thrash Metal5000 acessosFrontman: quando o original não é a melhor opção

Veja abaixo a performance do Slayer para a música em show durante o Big Four, com Dave Lombardo na bateria.

Comente: Pra você, qual parece ser a música do Slayer mais difícil de se tocar ao vivo?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Metal HammerMetal Hammer
As 22 melhores músicas old-school do Thrash Metal

146 acessosEm 04/08/2006: Slayer lança o álbum Christ Illusion93 acessosEm 16/11/1984: Slayer lança o álbum ao-vivo Live Undead71 acessosEm 03/11/2009: Slayer lança o álbum World Painted Blood0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

SlayerSlayer
Ouça "Seasons In The Abyss" com Corey Taylor no vocal

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1990

Sempre a mesma coisaSempre a mesma coisa
12 bandas que nunca mudam

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"


FrontmenFrontmen
Quando os originais não eram as melhores opções

CamisetasCamisetas
Beldades globais e sua paixão pelo rock

Sons Of AnarchySons Of Anarchy
A obra-prima televisiva e sua fantástica trilha!

5000 acessosEdu Falaschi: fax com convite de seleção para o Iron Maiden5000 acessosGorgoroth: As orientações sexuais e políticas de Gaahl5000 acessosDave Mustaine: a história por trás de "The Four Horsemen"5000 acessosQueen: "não sabia que Freddie era gay", diz Brian May2126 acessosIron Maiden: "The Book of Souls" acústica e orquestrada por Daniel Guerra e Sergio Faga5000 acessosMetallica: Lars Ulrich explica porque não tem tatuagem

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de maio de 2017


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online