Cliff Burton: dono de QI elevado, ele começou no baixo graças à TV

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda, Fonte: Alphabetallica
Enviar correções  |  Comentários  | 

O pai de Cliff Burton, Ray Burton, revelou, em entrevista ao Alphabetallica (transcrição por Ultimate Guitar), uma série de detalhes sobre a juventude do músico, que integrou o Metallica até a sua morte, em um acidente de ônibus, em 1986.

165 acessosMetallica: "Fade To Black" em oito diferentes estilos5000 acessosAs regras do Power Metal - Parte I

Durante o bate-papo, Ray Burton revelou como Cliff se interessou pelo baixo. "Quando Cliff tinha 13 anos, Scott (irmão mais velho) morreu de hemorragia cerebral, aos 16. Pouco depois, Cliff disse que gostaria de aprender a tocar baixo. Um programa de comédia passava na TV na época, 'Barney Miller', e começava com um solo de baixo. Cliff amava o som e queria soar daquele jeito", afirmou.

Ray revelou que Cliff praticava baixo cinco horas por dia. Os dois primeiros professores de Burton não o ensinaram muita coisa, mas o terceiro, chamado Steve Doherty, transmitiu muito conhecimento a ele.

"Ele o ensinou sobre Bach, música clássica e Cliff absorveu aquilo. Ele achava que Bach era um gênio! Aquele tipo de música barroca era antecessora do heavy metal. Era selvagem, mas, ao mesmo tempo, muito controlada", contou Ray.

Ainda durante a entrevista, Ray Burton revelou que Cliff, quando criança, se destacava por sua inteligência. "Sabíamos que havia algo excepcional sobre ele. Era uma daquelas crianças que nunca abria um livro, mas chegava com notas altas. Seu QI girava em torno de 140 a 150. Era um garoto esperto", afirmou.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 25 de julho de 2017


MetallicaMetallica
Buscando material para reedições de "Justice" e "Black Album"

165 acessosMetallica: "Fade To Black" em oito diferentes estilos1275 acessosMetallica: veja cover caipira de "Sad But True" do Steven'N'Seagulls0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

VideoVideo
Metallica, Slayer, Slipknot, Pantera e A7X sem distorção

MetallicaMetallica
335.000 fãs banidos na batalha contra o Napster

James HetfieldJames Hetfield
O equilíbrio entre Metallica e vida familiar

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"


HumorHumor
Roupas de seda? Espadas? Você precisa ser épico!

Oh, não!Oh, não!
Clássicos que foram "estragados" pelo tempo

HumorHumor
Quais são os rockstars mais chatos do mundo?

5000 acessosIron Maiden: Felipe Dylon toca clássicos da donzela5000 acessosAngra: banda errou na escolha de Fabio Lione?5000 acessosTop 5 Pantera: About.com elege os cinco melhores álbuns da banda5000 acessosGuns N' Roses: Richie Kotzen fez teste em segredo para a banda, diz Fortus5000 acessosRegis Tadeu: "Roots" do Sepultura e o mimimi dos metaleiro troo5000 acessosTraduções: Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online