Chuck Schuldiner e Warrel Dane: Gênios que já partiram, mas jamais serão esquecidos.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

O dia 13 de dezembro é uma das datas mais tristes para a música pesada, por marcar o falecimento de duas lendas: em 2001, o lendário Chuck Schuldiner perdeu a batalha para o câncer, e em 2017, Warrel Dane sofreu um infarto. Ambos deixaram um legado gigantesco, além de muita saudade, é claro.

Os dois músicos ajudaram a mudar o cenário musical. Chuck Schuldiner foi, é, e sempre será um dos principais nomes do metal extremo. Os primeiros discos do DEATH ajudaram (muito) a música pesada a se consolidar nos anos 80. Seu vocal que variava entre o gutural e o urrado era tão único quanto as linhas de guitarra de clássicos como "Zombie Ritual", "Leprosy", "Pull The Plug", e "Spiritual Healing".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mesmo sendo um dos criadores do estilo mais barulhento do planeta, o Death Metal, Chuck Schuldiner era dono de um senso de melodia extraordinário, e isso começou a aparecer nos discos posteriores. Outro ponto de destaque eram as letras escritas por Chuck, que iam do gore até temas mais filosóficos e reflexivos.

A mente de Chuck nunca parava, e a sua usina de ideias ainda criou o grandioso projeto CONTROL DENIED, que infelizmente, foi o último trabalho do músico, que viria a falecer anos depois do lançamento do disco "The Fragile Art Of Existence". O Control Denied era tão técnico e bem executado quanto a banda principal de Chuck.

Vale ressaltar que apesar de sempre formado por grandes músicos, o Death era comandado pelas ideias geniais e infinitas de Chuck. Desde o primeiro até o último álbum, suas composições influenciaram diversos músicos pelo mundo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com certeza, uma dessas pessoas influenciadas atendia pelo nome de Warrel G. Baker, ou simplesmente Warrel Dane. Um dos grandes nomes do heavy metal das últimas décadas, Warrel fez muito sucesso como vocalista do SANCTUARY, e posteriormente, sendo o principal nome do NEVERMORE, uma das bandas mais pesadas, insanas, competentes e versáteis do metal nos anos 90 e 2000.

publicidade

Sua voz era algo único, e ia dos tons mais baixos para os mais altos com uma naturalidade absurda. Além de ser um grande compositor, Warrel também era formado em sociologia, filosofia e teologia, o que explica o grande número de letras profundas que escreveu em sua memorável carreira.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tanto Chuck quanto Warrel conseguiram escrever belas páginas na história da música pesada. Quis o destino que ambos morressem no dia 13 de dezembro, separados por um intervalo de dezessete anos. Até hoje, ambos são lembrados, venerados e sempre estão presentes nas playlists e nos corações de milhões de headbangers. Afinal, a vida se vai, mas a obra dos gênios é eterna.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Seja ouvindo Death, Nevermore, Sanctuary ou Control Denied, aperte o play e aumente o volume para relembrar e homenagear esses dois monstros da música pesada, que podem ter partido desse mundo, mas jamais serão esquecidos!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


O Surto: Fora Queen, só nós fizemos 250 mil cantarem no Rock in RioO Surto
"Fora Queen, só nós fizemos 250 mil cantarem no Rock in Rio"

Andre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?Andre Matos
O que ele faria se fosse mulher por um dia?


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

Goo336 GooAdHor Cli336 WhiFin Goo336 Goo336 Cli336