Guitarras: guitarristas de outros estilos que guitarristas de Metal deveriam conhecer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos, Fonte: Metal Addicts
Enviar correções  |  Ver Acessos

A música é um experiência além do tempo e espaço. Ela te faz ter emoções que somente humanos têm. É emoção no seu mais puro estado. Há músicos, e compositores, que vêm sendo aclamados por séculos a fio, alguns deles por mais de trezentos anos. A guitarra moderna, no entanto, é relativa nova, tendo sido criada nos anos de 1930 mais ou menos. E quando falamos de Metal, é ainda mais nova, com pelo menos cinquenta anos.

Bateristas fodas no youtube: uma seleção dos melhores com vídeos de exemplosLegião Urbana: Eduardo e Mônica, uma análise psico-neurótica

Todos nós temos nossas influências, sabemos bem disso. Um gosta de um estilo musical, outros gostam de um outro e por aí vai. Mas reconhecer o talento de músicos de outros estilos, ah, isso vai muito além. Aqui eu apresento alguns guitarristas que considero monstros do instrumento, de fato, não somente eu, mas uma comunidade de guitarristas em todo o mundo e, por acaso, eles tocam outros estilos que não o Blues, Rock e Metal sendo de diversos estilos e muito importantes para serem esquecidos.

Stanley Jordan

O nome dele vem primeiro por que quando ouvi esse camarada pela primeira vez levei dias e semanas para acreditar no que eu estava ouvindo. Só consegui seguir em frente quando decidi que ele não era desse mundo e estava além de todos os outros. O sujeito toca guitarra como se fosse um piano, o que aumenta radicalmente as potencialidades do instrumento. Ele não usa palheta, mas sim ambas as mãos para formar acordes, riffs, licks e qualquer outra maluquice que achar de inventar usando a técnica do legato em conjunto com as famosas marteladas com os dedos. Isso o permite tocar melodia e harmonia ao mesmo tempo. Também o permite tocar duas guitarra ao mesmo tempo. Aqui temos a sua versão de "Stairway to Heaven" do Led Zeppelin, onde ele toca guitarra, assovia e canta ao mesmo tempo...

Allan Holdsworth

Allan Holdsworth é um guitarrista mais conhecido pela comunidade do rock/Metal por ter sido influência para muitos músicos como, por exemplo, Eddie Van Halen. Ele é conhecido pelo seu avançado conhecimento musical e por ter incorporado à música dita popular uma vasta gama de progressões harmônicas complexas e solos intrincados com o uso de complexas escalas como a diminuta, aumentada, tonal, cromática e alteradas, entre outras, o que resultou em um som imprevisível e que parece estar fora de tom. Em suma, tudo o que guitarristas de Metal fazem hoje.

Paco de Lucía

Vamos deixar as calmas águas do jazz fusion para um estilo mais 'caliente': o flamenco. Paco de Lucía foi quem mudou o estilo de tocar o flamenco, modernizando-o e tornando-o palatável para as gerações modernas. Ele também foi o primeiro guitarrista de flamenco que obteve penetração nos círculos dos outros gêneros musicais como a música clássica e o jazz. O cara é considerado o mais influente músico do estilo flamenco e um dos melhores guitarristas do mundo. Toda vez que você tentar tocar aquela característica levada de flamenco, agradeça a Paco. Ah, ele também não usava palhetas, só as mãos e os dedos.

Andrés Segovia

Ainda na Espanha. Andrés Segovia é um violonista clássico e considerado um dos melhores de todos os tempos. Um grande porção dos violonistas clássicos da atualidade foram alunos de Segovia ou alunos dos seus alunos. A contribuição de Segovia para o repertório romântico moderno inclui obras próprias e também transcrições dos clássicos ou obras barrocas. Ele é lembrado por sua palheta de tons e sua personalidade musical, fraseados e estilo únicos. Um violonista obrigatório para os guitarristas de neo-clássico. Verdadeiro mestre!

John McLaughlin

Ironicamente o meu primeiro contato com McLaughlin foi quando ouvi pela primeira vez "Rising Force" do Yngwie Malmsteen. Como todos moleques fascinados, mostramos o álbum para o nosso professor de guitarra. Moleques sempre querem impressionar! Ele ouviu, maneou com a cabeça e vaticinou: Toca rápido o rapaz, hein! Levantou-se e foi até sua estante e retirou um álbum. Era "Birds of Fire" do Mahavishnu Orchestra. "Ouçam isso" ele disse. Rapaz, o camarada do álbum tocava tão ou mais rápido que o Malmsteen, isso no final dos anos 1960 e começo dos 1970. Esse sujeito era John McLaughlin.

Na sua música foram incluídos diversos estilos como rock, música indiana clássica, música clássica ocidental, flamenco e blues tornando-se um dos pioneiros do jazz fusion. McLaughlin tem sido citado como um dos mais proeminentes guitarristas de todos os tempos. Vencedor do Grammy Award, várias vezes vencedor dos prêmios "Guitarista do ano" e "Melhor Guitarrista de Jazz" mais prêmios das revistas Down Beat e Guitar Player.

All Di Meola

Da sua página oficial:

"Um herói da guitarra vencedor de vários prêmios, Al Di Meola tem sido reconhecido por quatro décadas como um virtuoso da maior ordem. Compositor prolífico e um talento das seis cordas, Di Meola lançou mais de 20 álbuns como artista solo e colaborou em mais de uma dúzia de outros álbuns como no supergrupo de jazz fusion Return To Forever (com Chick Corea, Stanley Clarke e Lenny White), o celebrado trio de violonistas com John McLaughlin e Paco de Lucia e trio Rite of Strings com o baixista Clarke e violinista Jean-Luc Ponty."

Nada mais a declarar.

Vídeo bônus

"Friday Night in San Francisco" é um dos maiores debulhos violonísticos que já ouvi na vida. Para quem aprecia música de verdade tocada por gente de carne e osso. O G3 antes do the G3 apresentando só cara ruim como John Mclaughlin, Al Di Meola e Paco de Lucía. Aprecie sem moderação:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por escolha do autor os comentários foram desativados nesta nota.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Instrumentos"


Bateristas fodas no youtube: uma seleção dos melhores com vídeos de exemplosBateristas fodas no youtube
Uma seleção dos melhores com vídeos de exemplos

Led Zeppelin: Page comenta quando tocou com pedal que poderia ligar e desligar com o péLed Zeppelin
Page comenta quando tocou com pedal que poderia ligar e desligar com o pé

Bateristas fodas no youtube: uma seleção dos melhores com vídeos de exemplosBateristas fodas no youtube
Uma seleção dos melhores com vídeos de exemplos

Guitarra: uma impressionante aula sobre estilos pessoais no MetalGuitarra
Uma impressionante aula sobre estilos pessoais no Metal


Legião Urbana: Eduardo e Mônica, uma análise psico-neuróticaLegião Urbana
Eduardo e Mônica, uma análise psico-neurótica

Kiko Loureiro: ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD soloKiko Loureiro
Ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD solo


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.

adGoo336