Dream Theater: por que Mangini tem deixado os pratos da bateria tão altos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Rhythm Magazine
Enviar Correções  

O baterista Mike Mangini, do Dream Theater, explicou em entrevista à Rhythm Magazine por que tem deixado os pratos de sua bateria em uma posição tão alta. Vídeos recentes mostraram que ele adota essa formatação não apenas nos shows, como, também, ao gravar em estúdio com a banda.

Dream Theater: qual música da banda traz o melhor solo de guitarra, segundo Petrucci

Kiss: "Rock and roll é um trabalho para otários!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Fui ao extremo para fazer os pratos soarem mais altos e mais limpos na mixagem final. Isso sempre está fora das minhas mãos, então, fiz o possível para deixá-los mais claros, já que vaza muito som do meu kit. Eu toco mais forte do que as pessoas pensam. Não parece, mas minha batida é forte, seja com 4 ou 20 batidas por segundo", afirmou.

O músico destacou que não adota essa medida quando está gravando em seu estúdio pessoal. "Sou um baterista ouvindo a bateria por trás. É diferente. Se não melhor, é apenas diferente. É como eu ouço. Se alguém estiver do outro lado do vidro, ou de frente à bateria, soará diferente. Logo, o tratamento será outro. Por isso, fiz o possível para deixar os pratos bem acima", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mangini também foi perguntado por que apareceu nos vídeos das gravações - como o clipe de "Untethered Angel" usando apenas um bumbo, ao invés do tradicional par que aparece nos shows. "Novamente, fiz alterações por necessidade. Eu queria um som um pouco maior e natural na sala. Sei que o som da bateria vaza nessa configuração. Ter apenas um pedal está mais ligado ao efeito estéreo. Eu troco meus pés. [...] Jimmy T (engenheiro de som) e eu falamos sobre parte da paisagem sonora para a bateria nesse álbum, para usar mais o som da sala", afirmou.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Dream Theater: qual música da banda traz o melhor solo de guitarra, segundo PetrucciDream Theater
Qual música da banda traz o melhor solo de guitarra, segundo Petrucci

John Petrucci: Ele sofre pressão destes novos guitarristas virtuosos?John Petrucci
Ele sofre pressão destes novos guitarristas virtuosos?

John Petrucci: ouça o álbum Terminal Velocity, que tem reencontro com Mike PortnoyJohn Petrucci
Ouça o álbum "Terminal Velocity", que tem reencontro com Mike Portnoy

John Petrucci: quais os riffs preferidos do guitarrista? (vídeo)John Petrucci
Quais os riffs preferidos do guitarrista? (vídeo)

Dream Theater: por que eles não perderam só um baterista com a saída de Mike PortnoyDream Theater
Por que eles não perderam só um baterista com a saída de Mike Portnoy

John Petrucci: guitarrista diz que é muito bom poder tocar novamente com PortnoyJohn Petrucci
Guitarrista diz que é muito bom poder tocar novamente com Portnoy

Mike Portnoy: ele explica (de forma incrível) por que adora Ringo e Peter CrissMike Portnoy
Ele explica (de forma incrível) por que adora Ringo e Peter Criss

Sem palavras: grandes músicas instrumentais do rock e do metalSem palavras
Grandes músicas instrumentais do rock e do metal

Rodrigo Flausino: em vídeo, as dez bandas mais odiadas do mundoRodrigo Flausino
Em vídeo, as dez bandas mais odiadas do mundo

John Petrucci: reunido com Mike Portnoy no clipe de Terminal Velocity; assistaJohn Petrucci
Reunido com Mike Portnoy no clipe de "Terminal Velocity"; assista


Symphony X: Não soamos como o Dream Theater, mas não há muitas com quem nos compararSymphony X
"Não soamos como o Dream Theater, mas não há muitas com quem nos comparar"

Mike Portnoy: ele entende porque os caras do Dream Theater recusaram o conviteMike Portnoy
Ele entende porque os caras do Dream Theater recusaram o convite


Kiss: Rock and roll é um trabalho para otários!Kiss
"Rock and roll é um trabalho para otários!"

Temperatura Máxima: as atrizes pornôs que incendiaram o cenário RockTemperatura Máxima
As atrizes pornôs que incendiaram o cenário Rock


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280