Ozzy Osbourne: Trump é proibido de usar música dele em campanha

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Facebook
Enviar correções  |  Ver Acessos

Ozzy Osbourne, por meio de sua empresária e esposa Sharon Osbourne, proibiu o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de usar a música "Crazy Train" sem autorização. A canção foi utilizada em um vídeo publicado no Twitter com piadas direcionadas aos candidatos primários do Partido Democrata para as eleições americanas em 2020, além de reforçar a candidatura de Trump, do Partido Republicano, à reeleição.

Ozzy Osbourne: com saudade da estrada, ele chorou vendo outra banda na TVManowar: A vida real e nada épica dos Reis do Metal?

Por meio de suas redes sociais, Sharon Osbourne publicou uma nota em nome de Ozzy para destacar que o uso de "Crazy Train" não foi autorizado. "Baseado no uso não-autorizado de 'Crazy Train', estamos enviando um aviso para à campanha de Trump (ou qualquer outra campanha) dizendo que eles estão proibidos de usar qualquer música de Ozzy Osbourne em propagandas ou campanhas políticas", diz.

A publicação destaca que "a música de Ozzy não pode ser usada para qualquer meio sem autorização". "Enquanto isso, tenho uma sugestão para o sr. Trump: talvez ele deveria procurar alguns de seus amigos músicos. Talvez Kanye West ('Gold Digger'), Kid Rock ('I Am The Bullgod') ou Ted Nugent ('Stranglehold') permitam o uso de suas músicas", completou, em tom de provocação.

Essa não é a primeira vez que Donald Trump é criticado publicamente por usar músicas de artistas populares sem a devida autorização. Nomes como Aerosmith e Guns N' Roses exigiram que ele parasse de usar suas canções, além de Rolling Stones, Neil Young e Tom Petty, que moveram ações, mas, até onde consta, não se manifestaram pela internet ou qualquer meio para a população.

Nos Estados Unidos, campanhas eleitorais costumam adquirir licenças para uso de músicas por meio de associações como a American Society of Composers, Authors, and Publishers (ASCAP) ou Broadcast Music Inc. (BMI). No entanto, há uma cláusula que permite que os artistas bloqueiem a utilização quando se trata de um contexto político. Esses órgãos permitem a exclusão desde que um compositor ou editor da canção faça a devida objeção.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"


Ozzy Osbourne: com saudade da estrada, ele chorou vendo outra banda na TVOzzy Osbourne
Com saudade da estrada, ele chorou vendo outra banda na TV

Ozzy Osbourne: turnê pela Europa é adiada de novo e ele se explica em vídeoOzzy Osbourne
Turnê pela Europa é adiada de novo e ele se explica em vídeo

Ozzy Osbourne: adiando novamente a turnê, e desta vez ele mesmo explica o motivoOzzy Osbourne
Adiando novamente a turnê, e desta vez ele mesmo explica o motivo

Grandes covers: cinco versões para "Mr. Crowley", grande clássico de Ozzy Osbourne

Ozzy Osbourne: Sharon desmente tabloides que disseram que ele morrerá em 2019Ozzy Osbourne
Sharon desmente tabloides que disseram que ele morrerá em 2019

Rock In Rio 1985: História & Bastidores - Parte 1 (vídeo)Ozzy Osbourne: Blizzard of Ozz no Arrepiômetro, por Gastão Moreira (vídeo)

Ozzy Osbourne: sorte que Sharon me aceitou de volta, diz sobre recentes traiçõesOzzy Osbourne
"sorte que Sharon me aceitou de volta", diz sobre recentes traições

Bill McClintock: Sabbath 3x, Creedence, Ozzy solo e Ohio Players juntos

Black Sabbath: Ozzy elege Paranoid como seu hino de todos os temposBlack Sabbath
Ozzy elege "Paranoid" como seu hino de todos os tempos

Ozzy Osbourne: qual a música que mais marcou o madmanOzzy Osbourne
Qual a música que mais marcou o madman

Ozzy Osbourne: Madman está voltando aos palcos, afirma sua filhaOzzy Osbourne
Madman está voltando aos palcos, afirma sua filha

Alta Fidelidade: The Who e Ozzy Osbourne confirmam discosEm 20/09/1980: Ozzy Osbourne lançava o clássico Blizzard Of Ozz

Michael Schenker: ele não quis tocar com Ozzy Osbourne, Motorhead, nem AerosmithMichael Schenker
Ele não quis tocar com Ozzy Osbourne, Motorhead, nem Aerosmith

Ozzy Osbourne: Se eu gosto de trabalhar com Iommi? Não, de fatoOzzy Osbourne
"Se eu gosto de trabalhar com Iommi? Não, de fato"

Tony Iommi: Glenn Hughes era muito mais drogado que Ozzy OsbourneTony Iommi
Glenn Hughes era muito mais drogado que Ozzy Osbourne

Listed: TV americana elege os maiores bad boys da músicaListed
TV americana elege os maiores bad boys da música


Manowar: A vida real e nada épica dos Reis do Metal?Manowar
A vida real e nada épica dos Reis do Metal?

Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

Motorhead: a dieta que mantinha Lemmy jovem e viçosoMotorhead
A dieta que mantinha Lemmy jovem e viçoso

Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Ozzy Osbourne: Fim do Guns foi a maior tragédia do rockOzzy Osbourne
Fim do Guns foi a maior tragédia do rock

Metallica: 10 melhores momentos de Lars Ulrich na bateriaMetallica
10 melhores momentos de Lars Ulrich na bateria

Roberto Requião pergunta: Quem é Bono Vox?Roberto Requião pergunta
Quem é Bono Vox?


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336