Quiet Riot: novo álbum não será regravado com Jizzy Pearl nos vocais

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Sleaze Roxx
Enviar correções  |  Ver Acessos

O novo álbum do Quiet Riot, "Hollywood Cowboys", não terá os vocais regravados por Jizzy Pearl, que retornou ao posto após a saída de James Durbin - este, sim, o responsável pelo disco. A informação foi confirmada pelo baterista Frankie Banali por meio das redes sociais.

Quiet Riot: James Durbin deixa a banda e Jizzy Pearl é trazido de voltaMTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy Metal

"Eis a razão de eu não regravar os vocais para 'Hollywood Cowboys'... significaria que, se a fabricação já tiver começado para o vinil e o CD, eu teria que pagar para ter essas unidades destruídas. Então, teria a despesa extra para gravar em estúdio, engenheiro de som, para gravar os vocais de Jizzy", relatou, inicialmente.

O baterista completou: "Daí, vem o gasto de remixar e masterizar, tudo do meu bolso. Todos pensam que é muito fácil... não é, e é caro. Fora o retrabalho de todo o texto da arte".

O questionamento surgiu porque o processo de regravação dos vocais foi realizado no álbum anterior, "Road Rage" (2017). Na época, James Durbin ocupou a vaga que era de Seann Nicols - este chegou a gravar as músicas do disco, mas sua voz não foi aproveitada no álbum.

"Hollywood Cowboys" segue com lançamento marcado para 8 de novembro por meio da Frontiers Music Srl.

James Durbin, conhecido por sua participação no "American Idol", deixou o Quiet Riot para se dedicar a outros projetos envolvendo sua carreira solo. Em nota, o Quiet Riot não apenas anunciou a saída de Durbin como, também, confirmou o substituto: Jizzy Pearl, que volta à banda após sua primeira passagem entre 2013 e 2016.

"Desejamos a James todo sucesso em seu futuro e estamos gratos por seu tempo com o Quiet Riot. Seja bem-vindo de volta, mr. Jizzy Pearl!", afirmou o grupo.

Em entrevista anterior ao "The Metal Voice", Frankie Banali definiu "Hollywood Cowboys" como "o álbum mais variado do Quiet Riot". "Irá cobrir várias bases, acho que irá surpreender muita gente e espero que seja uma surpresa agradável. Sempre penso se Kevin DuBrow iria gostar de algo quando componho com Neil Citron. E é ótimo, porque Kevin tinha a mente tão aberta e um gosto tão amplo que dificilmente havia algo que ele não gostasse", disse.

Confira, a seguir, a capa e a tracklist de "Hollywood Cowboys":

01. Don't Call It Love
02. In The Blood
03. Heartbreak City
04. The Devil That You Know
05. Change Or Die
06. Roll On
07. Insanity
08. Hellbender
09. Wild Horses
10. Holding On
11. Last Outcast
12. Arrows And Angels

Ouça o single "Don't Call It Love":




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Quiet Riot"


Quiet Riot: James Durbin deixa a banda e Jizzy Pearl é trazido de voltaQuiet Riot: ouça "Don't Call It Love", nova música da bandaGang Your Head: Quiet Riot, Free e Kool & the Gang juntosQuiet Riot: banda lançará novo álbum em novembro

Farofa?: 7 bandas estigmatizadas pelo rótulo de hard farofaFarofa?
7 bandas estigmatizadas pelo rótulo de "hard farofa"

Disney: empresa lança disco com clássicos em versão power metalDisney
Empresa lança disco com clássicos em versão power metal

Ozzy Osbourne: a história por trás da música Suicide SolutionOzzy Osbourne
A história por trás da música "Suicide Solution"


MTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy MetalMTV
Experts indicam as maiores bandas de Heavy Metal

Fotos: confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1Fotos
Confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1

Lemmy Kilmister: A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron MaidenLemmy Kilmister
A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron Maiden

Guitarristas: Os 10 maiores dos anos 80 segundo a revista FuzzNirvana: Dave Grohl explica porque não toca clássicos ao vivoAquiles Priester: fotos que contam a história do bateristaA7X: Discografia Comentada, P. 3 (Do pesadelo à realeza)

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336