Andre Matos e Robertinho de Recife: a colaboração no sucesso de Fagner

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Youtube
Enviar Correções  

Chega agora ao público, através das mãos do produtor Roberto Oka e do guitarrista ROBERTINHO DE RECIFE, a versão que ANDRE MATOS gravou com o pernambucano do clássico da MPB "Noturno", cantado originalmente pelo cearense FAGNER, em 1979. A canção, de versos como "O aço dos meus e o véu das minhas palavras acalmaram meu silêncio, mas deixaram suas marcas" ganhou letra em inglês numa versão do maestro.

Beatles: Quais as pessoas e objetos da capa do Sgt. Peppers?

Homossexualidade: Alguns dos gays mais conhecidos no rock

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre o trabalho, que talvez ainda fosse ganhar alguma pós-produção caso o destino nao tivesse decidido abreviar a vida de ANDRE, ROBERTINHO disse.

"Essa música foi sucesso na voz do FAGNER,cantor que o ANDRÉ MATOS admirava e ele fez uma versão em inglês para a canção. Esse registro inédito foi gravado numa reunião com ROBERTINHO DE RECIFE no estúdio sem pretenções de ser exposto ao público, pois o Andre apenas estava nos mostrando como tinha ficado. Decidi então mostrar aos fãs do Andre Matos que com certeza vão gostar de ouvir essa linda versão. Salve! Andre Matos"

Ficha técnica:
Noturno (Graco-Caio Silvio) versão inglês (Andre Matos)
Andre Matos - Voz e Teclado
Robertinho de Recife - Backvocal e Violão Aço
Rob Endraus - Baixo

Agradecimentos:
Roberto Oka e Marina
Gravado Studio RR no PoloRio de Cine RJ.
Foto: Billy Albuquerque




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Beatles: Quais as pessoas e objetos da capa do Sgt. Peppers?Beatles
Quais as pessoas e objetos da capa do Sgt. Peppers?

Homossexualidade: Alguns dos gays mais conhecidos no rockHomossexualidade
Alguns dos gays mais conhecidos no rock


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor